AERO Magazine

Reconhecido pelo Guinness Book

Novo motor da GE possui quase a mesma potência do foguete que levou o primeiro homem ao espaço

GE9X atinge a marca de 134.300 lbf de empuxo e possui diâmetro superior a da fuselagem do Boeing 737

Tomas Kellner | Tradução e adaptação: Santiago Oliver | Fotos: Divulgação em 16 de Julho de 2019 às 07:00

Motor GE9X durante voos de testes no 747 destinado a ensaios em voo. Note o diâmetro do novo motor em relação aos originais do 747

O mais recente motor a jato da GE, o GE9X, continua acumulando os superlativos. Além de ser o maior motor a jato comercial do mundo, também é o mais poderoso.

O motor desenvolvido pela GE Aviation, para o novo Boeing 777X, alcançou 134.300 lbf de empuxo durante um teste. Isso não está muito longe dos 189.000 lbf de impulso geradas pelo motor RD-107A do foguete Soyuz que ajudou Iuri Gagarin a se tornar o primeiro humano a orbitar a Terra, em 1961. Já o foguete Mercury-Redstone 3, que levou o primeiro norte-americano ao espaço tinha 78.000 lbf.

LEIA TAMBÉM

Com as carenagens o diâmetro do GE9X é de 3,76 m, superior ao da fuselagem do Boeing 737 | Arte: AERO Magazine

A nova quebra de recorde ocorreu durante um teste de engenharia em 10 de novembro de 2017, nas instalações de testes da GE em Peebles, Ohio. O Guinness World Records reconheceu o feito em julho de 2019, após a validação dos dados.

No Paris Air Show, a GE recebeu pedidos para mais de 700 motores GE9X. Esse motor, cujo fan frontal mede impressionantes 3,35 m de diâmetro, usa a quarta geração das blades do fan produzidos em fibra de carbono. Um dos destaques do novo motor são suas peças produzidas em novos materiais, como compósitos de matriz cerâmica resistentes à luz e ao calor, e componentes fabricados por tecnologias de fabricação em impressão 3D. O uso de cerâmica permitiu chegar à enorme taxa de pressão de 60:1 dentro do GE9X. Além disso, as novas tecnologias e materiais ajudaram a tornar o motor 10% mais eficiente em termos de combustível que o seu antecessor, o GE90. Os custos de combustível chegam, em média, a 20% das despesas operacionais de uma companhia aérea.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO


Notícias GE GE9X GE90 Boeing 737 777 777X Paris Air Show Mercury Redstone Yuri Gagarin Soyuz


COMO ESCOLHER SUA AERONAVE

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
2 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano2 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também 4 Pôsteres PORTA COPOS

Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas