Martelo extremista

Novo míssil Martlet é disparado com sucesso pelo AW159

Ensaios de tiro real são a fase final do programa que prevê uma arma capaz de neutralizar ameaças terroristas


AW159 Wildcat da Marinha Real Britânica serão equipados com novos mísseis Martlet

O novo míssil multiemprego Martlet foi disparado com sucesso a partir do helicóptero AW159 Wildcat. O ensaio foi conduzido como parte do programa Future Anti-Surface Guided Weapon, do ministério da defesa do Reino Unido e demonstraram a integração do Martlet à plataforma AW159

A expectativa é que a condução dos ensaios seja concluída nos próximos meses, permitindo que o novo míssil Marlet a entre em serviço com a Marinha Real Britânica ainda este ano. Os ensaios de tiro foram realizados de 27 de abril a 21 de maio de 2020 e, apesar da situação atual do COVID-19, Leonardo e Thales, responsáveis pelo projeto, puderam apoiar o ministério da defesa do Reino Unido ao concluir esta atividade crítica.

LEIA TAMBÉM

“Esse importante marco demonstra que a combinação dos mísseis Martlet e os helicópteros AW159 Wildcat será uma ferramenta flexível e eficaz para a Marinha Real. No próximo ano, a frota Wildcat embarcará em missões com o porta-aviões HMS Queen Elizabeth em sua primeira implantação operacional”, disse Nick Whitney, diretor administrativo da Leonardo Helicopters no Reino Unido.

Em julho de 2014, a Leonardo assinou um contrato com o ministério da defesa do Reino Unido para integrar, testar e instalar os sistemas de mísseis MBDA Sea Venom (pesado) e Thales LMM (leve) nos helicópteros AW159 Wildcat, no programa Future Anti Surface Guided Weapon (FASGW).

O programa FASGW deu origem ao míssil Martlet, que está associado a uma unidade de orientação a laser e foi integrado com sucesso aos sensores do helicóptero AW159 Wildcat. Segundo a marinha inglesa, o novo míssil fornece uma mudança radical na capacidade de emprego em guerra moderna, ao enfrentar um grande desafio de ameaças assimétricas menores, de movimento rápido, com pequenas assinaturas térmicas e de radar. Forças assimétricas são comumente utilizadas por grupos extremistas, especialmente em missões. De acordo com as autoridades o Martlet é capaz de superar esses problemas.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 1 de Junho de 2020 às 14:00


Notícias notícia de aviação aeronave helicóptero Leonardo AW159 Wildcat Royal Navy martlet míssil terrorista Thales Queen Elizabeth