Você vem sempre aqui?

Mais interceptação, agora Su-35 encontra bombardeiro B-1

Interceptação ocorreu no Mar de Okhotsk, entre a Rússia e os EUA


Imagem de um encontro ocorrido em maio de 2020 entre um B-1B e um Su-35 russo

  • Faça parte do grupo de AERO Magazine no Telegram clicando aqui

Em mais um encontro entre russos e americanos, um bombardeiro estratégico de longo alcance B-1B Lancer da força aérea dos Estados Unidos (USAF), que estava sobrevoando próximo da fronteira da Rússia, no mar de Okhotsk, foi interceptado por três caças Su-35.

Segundo o ministério da defesa da Rússia, o bombardeiro foi detectado pelos sistemas de controle do espaço aéreo enquanto sobrevoava as águas neutras do Oceano Pacífico por volta das 19h00 (horário local).

“Três caças Su-35s das forças de alerta e reação rápida de defesa aérea do Distrito Militar Oriental foram orientados a interceptar o alvo, que ele [caças] identificaram como um bombardeiro estratégico B-1B da força aérea norte-americana, e o acompanharam de forma consistente sobre o Mar de Okhotsk”, disse em nota o centro de controle russo.

Nos últimos meses, a tensão entre os estados Unidos e a Rússia tem crescido por conta dos exercícios militares realizados no mar de Okhotsk, que fica entre os dois países. Segundo especialistas, além de ampliar as doutrinas de emprego comuns em exercícios militares, as atividades também são vistas como uma maneira medir o poder bélico do rival, assim como seus procedimentos de defesa e tempos de resposta, mesmo que não haja nenhuma violação de regiões territoriais.

O B-1 por sua vez se tornou a espinha dorsal da frota de bombardeiros de longo alcance dos Estados Unidos, podendo transportar grandes quantidades de armas de precisão e não-precisão, atacando qualquer alvo no mundo. Os bombardeiros B-1B recentemente realizaram uma circum-navegação, mostrando a capacidade de pronta resposta em qualquer ponto do planeta.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Gabriel Benevides

Publicado em 13 de Agosto de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião B-1B Lancer Sukhoi Su-35 Rússia Estados Unidos Ártico caça bombardeiro interceptação