Apenas Estados Unidos, Chile e Brasil

Latam suspenderá quase a totalidade de sua malha internacional

Empresa sul-americana manterá apenas cinco frequências durante o surto de COVID-19


Pandemia global do coronavirus força Latam suspender quase todas suas rotas internacionais até 30 de abril

A Latam Airlines e suas subsidiárias anunciaram, que suspenderá temporariamente a maior parte de suas rotas internacionais até 30 de abril. A alteração na malha aérea se deve as restrições de viagens determinadas pelas autoridades de diversos países, atrelada a menor demanda após a pandemia de COVID-19.

LEIA TAMBÉM

A empresa afirma que todos os passageiros com voos cancelados não precisam tomar nenhuma ação imediata e que valor pago pelo bilhete será automaticamente convertido em crédito para futuras viagens, podendo o passageiro reagendar a data do voo sem nenhum custo.

Por ora, serão mantidas apenas as seguinte frequências (ida e volta):

  1. São Paulo - Santiago.
  2. São Paulo - Miami
  3. São Paulo - Nova York
  4. Santiago - Miami
  5. Santiago - Los Angeles

A continuidade desses trechos, assim como uma eventual reabertura de outras rotas internacionais dependerá da mudança nas normas de cada país referente as restrições de viagem e fechamento de fronteiras.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 29 de Março de 2020 às 18:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Latam voos Covid-19 coronavirus