Retomada

Latam poderá alcançar 63% de sua capacidade doméstica em janeiro

Brasil conta com 406 voos diários e segue representando a maior parte da malha do grupo sul-americano


A320 da Latam Airlines

Latam projeta crescimento para janeiro de 2021, em parte graças a maior confiança do passageiro em retomar viagens aéreas

A Latam Airlines anunciou hoje (13) que sua malha aérea de janeiro de 2021 deverá atingir 40% da sua capacidade global, um aumento gradual de 2 pontos percentuais em relação ao último mês do ano passado.

Para o Brasil, a Latam deverá operar em janeiro até 46% da sua capacidade, sendo 63% da sua operação doméstica e 24% internacional, alcançando até 406 voos diários. A melhora demonstra a volta da confiança do passageiro nas viagens aéreas.

Desde o dia 1º de janeiro, a companhia acrescentou três novas rotas domésticas, voando entre o aeroporto de Congonhas e Foz do Iguaçu, Congonhas e Ilhéus, assim como Brasília e Porto Seguro. Desde o dia 1º foram retomadas as rotas internacionais entre São Paulo e Bogotá, na Colômbia, e Rio de Janeiro e Santiago, no Chile.

Atualmente a Latam opera, a partir do Brasil, para treze destinos internacionais (Assunção, Buenos Aires, Bogotá, Boston, Cidade do México, Frankfurt, Lima, Lisboa, Madri, Miami, Montevidéu, Nova York e Santiago).

Em relação a sua operação global, as demais filiais do Grupo Latam Airlines retomaram parte dos voos em seus respectivos mercados domésticos, correspondendo a 40% de sua capacidade (equivalente a 770 voos diários). Atualmente, o grupo conecta 112 destinos em 16 países. Das subsidiarias da Latam, o Chile projeta uma operação de passageiros de 30% para janeiro devido às restrições de mobilidade ainda em vigor no país.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 13 de Janeiro de 2021 às 18:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A320 Latam Grupo Latam Brasil Congonhas Brasília Guarulhos Cumbica Galeão