Longe do normal

Latam aumentou progressivamente a operação nos últimos quatro meses

Em novembro a empresa espera ter mil novos voos semanais em relação ao mês de outubro


Em novembro a Latam espera atingir atingir 4.300 operações semanais, atingindo 33% de sua capacidade na América do Sul

O Grupo Latam Airlines pretende operar aproximadamente 33% da sua capacidade ao longo do mês de novembro, ampliando o índice registrado ao longo de outubro, quando atingiu 25% da capacidade.

A nova malha aérea prevista para o próximo mês demonstra uma ampliação da oferta, impulsionada especialmente pelos voos internacionais partindo do Peru e pelo aumento da operação doméstica no Brasil e na Colômbia.

A expectativa é alcançar um total de 4.300 operações semanais nos mercados domésticos e internacionais, o que representa mil voos semanais a mais do que em outubro. A Latam seguirá retomando gradualmente as suas operações no Brasil, onde já opera em 44 destinos domésticos. No país após atingir 48% da capacidade em outubro, a intenção é ampliar para 54% em novembro, alcançando a marca de 337 voos diários no mercado doméstico.

A previsão é duplicar o número de destinos servidos a partir do aeroporto de Congonhas, retomando as operações para Fortaleza, Florianópolis, Vitória, Cuiabá, Navegantes e Goiânia.

A companhia também informou que seguirá reforçando seus principais hubs no país, com destaque para o aeroporto de Guarulhos, onde atende 38 destinos e Brasília onde opera atualmente 30 destinos. No mercado internacional será retomado os voos entre São Paulo e Assunção, no Paraguai, e São Paulo e Lima, capital peruana. Além disso, será ampliado de três para cinco o número de voos semanais na rota São Paulo-Miami.

América do Sul

No Chile a Latam manterá as frequências de voos para 12 destinos já restabelecidos no país e para 12 destinos internacionais.

Após operar 29% de sua capacidade no Peru em outubro, a Latam pretende operar 40% em novembro, chegando a dezoito destinos domésticos a partir de Lima, além da retomada da operação internacional para nove destinos no exterior.

A operação na Colômbia atingiu 19% de sua capacidade em outubro, companhia deverá ampliar a oferta para 42% em novembro, servindo onze destinos a partir de Bogotá e mais três a partir de Cartagena, encerrando o mês com a marca de 570 frequências semanais.

Com 40% da capacidade no Equador sendo atingida em outubro, a Latam acredita que encerrará novembro com 44%, atingindo um total de 128 frequências semanais para seis destinos no país. Nos voos internacionais, destacam-se as operações das rotas Quito-Lima, Guayaquil-Lima e Guayaquil-Santiago.

Todas as estimativas estão sujeitas à evolução da pandemia, bem como às restrições de viagens em todos os países onde a companhia opera. Atualmente, o Grupo Latam atende 106 destinos em 14 países, com previsão de retomar no médio prazo os patamares existentes na fase de pré pandemia.

  • Se inscreva no canal da AERO Magazine no YouTube clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 29 de Outubro de 2020 às 09:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Latam Congonhas Garulhos Cumbica GRU Airport Fortaleza Bogotá Equador pandemia voos