Mais controle

Infraero concluiu desemborrachamento da pista de Tabatinga

Aeroporto amazonense recebeu manutenção para melhorar aderência das aeronaves após o pouso


Manutenção foi feita através de um sistema de hidrojateamento de ultra alta pressão

Receba as notícias de AERO diretamente no TelegramWhatsApp e Instagram

A Infraero concluiu hoje (18), o serviço de manutenção periódica que incluiu o desemborrachamento na pista do aeroporto Internacional de Tabatinga, no Amazonas. A ação teve objetivo garantir a melhor aderência das aeronaves com a pista, ampliando assim a segurança operacional.

O atrito dos pneus com o asfalto deixa um resquício de borracha na pista, que ao longo de centenas de operações acumula nas zonas de toque, reduzindo assim a capacidade de aderência.

“O desemborrachamento da pista é um trabalho essencial que atende a padrões internacionais de qualidade para garantirmos ainda mais segurança aos usuários do aeroporto”, destacou Edinelson da Silva Mota, superintendente do aeroporto amazonense.

A estatal investiu R$ 40.000 para a realização dos serviços, trabalhando com equipamentos e técnicas específicas, como sistema de hidrojateamento de ultra alta pressão, medição de atrito com equipamento Grip Test e macrotextura com sistema de manchas de areia.

A pista do aeroporto de Tabatinga possui 2.150 metros de comprimento por 32 metros de largura, permitindo a operação de quase todas as aeronaves utilizadas na aviação regional brasileira.

Com capacidade para receber 1,6 milhões de passageiros por ano, o aeroporto está localizado em um o ponto estratégico de apoio às operações da Força Aérea Brasileira (FAB), exército, marinha e Polícia Federal (DPF).

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 18 de Setembro de 2020 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Infraero aeroporto Amazonas Tabatinga pista terminal