Fogo!

Incêndio de grandes proporções atinge navio da marinha dos EUA

Embarcação passava por uma manutenção de rotina quando o fogo tomou conta de parte das instalações


Fumaça toma conta do deck principal e parte das seções internas | Imagem: San Diego Fire-Rescue Department

  • Faça parte do grupo de AERO Magazine no Telegram clicando aqui

* Texto atualizado às 12h55 do dia 13 de junho

Um grande incêndio tomou conta de parte das instalações do navio de assalto anfíbio USS Bonhomme Richard (LHD-6), que está atracado na Base Naval de San Diego, na Califórnia. A embarcação tem capacidade para receber grande parte dos helicópteros e caças da marinha dos Estados Unidos, além do tiltrotor V-22 Osprey.

De acordo com a US Navy, a marinha norte-americana, o navio de 257 metros de comprimento estava passando por uma manutenção de rotina no momento do incêndio. Aproximadamente 200 marinheiros e oficiais estavam a bordo, capacidade muito inferior a existente quando a embarcação está em serviço.

LEIA TAMBÉM

As chamas lançaram uma enorme nuvem de fumaça escura visível em San Diego. De acordo com os bombeiros ainda não existem informações precisas sobre eventuais vítimas ou as causas do incêndio.

Às 6h30 no horário do pacífico (10h30 de Brasília), a marinha confirmou que 57 pessoas, sendo 34 militares e 23 civis, haviam sido transferidos para hospitais locais após inalar fumaça ou por sofrerem ferimentos leves, com apenas cinco marinheiros permanecendo em observação.

Saiba mais...

Entregue e comissionado pela US Navy em 1998, o navio se tornou um dos principais meios da esquadra graças a sua enorme capacidade de deslocamento e flexibilidade de uso. Ainda que esteja baseado na frota do Pacífico, o USS Bonhomme participou de importantes combates nas últimas duas décadas. Um dos destaques foi o suporte a Operação Liberdade Duradoura, a resposta dos Estados Unidos aos ataques de 11 de setembro, onde serviu aos militares entre 1 de dezembro de 2001 a 18 de junho de 2002.

O navio de assalto anfíbio USS Bonhomme Richard (LHD-6) é um dos mais versáteis da US Navy

Na sequência, o navio passou a apoiar a Operação Liberdade do Iraque, entre 17 de janeiro e 26 de julho de 2003, quando permitiu o desembarque de mais de 1.000 fuzileiros navais e equipamentos no Kuwait, país vizinho ao Iraque e aliado dos Estados Unidos na guerra.

O navio ainda passou a ser um dos responsáveis pelo envio de helicópteros, tropas e veículos, se tornando ainda uma espécie de porta-aviões leve, quando recebeu os caças AV-8B Harrier, que possuem capacidade de decolar e pousar na vertical, como um helicóptero. Durante a guerra no Iraque o USS Bonhomme lançou mais de 800 missões, incluindo 547 lançamentos de combate.

Além de guerras o navio também tem sido empregado em ajuda humanitária, como em janeiro de 2005 quando ajudou a transportar suprimentos de emergência para a costa de Sumatra, na Indonésia, atingida por um grande tsunami dias antes. Mais recentemente, em 2014, o USS Bonhomme auxiliou as equipes de resgate sul-coreanas no salvamento de uma balsa com centenas de estudantes que afundou na costa do país asiático.

O navio é impulsionado por duas turbinas a vapor com 70.000 shp (52.000 kW) de potência nominal, que oferecem uma velocidade de 22 nós (41 km/h). Completamente abastecido com óleo diesel o navio tem alcance: 9.500 nm (17.600 km) com velocidade de cruzeiro de 18 nós (33 km).

O caça F-35B, com capacidade de decolagem e pouso vertical, é um dos aviões embarcados no USS Bonhomme

Ainda que as aeronaves orgânicas transportadas dependam do tipo de missão, o USS Bonhomme pode levar tipicamente seis AV-8B Harrier ou seis F-35B Lightning II, além de quatro helicópteros de ataque AH-1W Super Cobra, quatro helicópteros pesados CH-53E Super Stallion e doze tiltrotors MV-22B Osprey.

Em uma missão típica de assalto, o navio pode acomodar e operar até 22 aeronaves MV-22. Em operações de controle marítimo é possível operar com vinte AV-8B ou vinte F-35B, além de outros seis helicópteros SH-60FF de apoio.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 12 de Julho de 2020 às 17:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião AV-8B CV-22 Osprey F-35B US Navy USS Bonhomme incêndio navio de assalto Marinha EUA