Evento adiado

FIDAE 2020 é suspensa após OMS classificar como pandemia o COVID-19

Surto da doença forçou o cancelamento do principal evento aeronáutico da América do Sul


A pademia do COVID-19 obrigou a organização da Fidae, o maior evento aeronáutico da América do Sul, reagendar a edição de 2020. A previsão inicial era que o salão ocorresse entre os dias 31 de março e 5 de abril, em Santiago, no Chile.

“Vamos suspender diversos eventos pelo país, hoje o Lollapalooza foi suspenso, vamos suspender também a Fidae”, disse o presidente do evento, que contaria na edição deste ano com 525 delegações de 59 países. 

O evento que ocorre a cada dois anos no Chile é uma feira de grande importância comercial, sendo um dos eventos mais importantes na América Latina. A Fidae não tem nova data, dependendo ainda de uma reorganização do calendário e das agendas dos principais expositores.

LEIA TAMBÉM

A Feira Internacional do Ar e Espaço também emitiu uma nota oficial para anunciar o adiamento do evento: 

Caros amigos e expositores

Como informação preliminar, a Feira Internacional do Ar e Espaço informa que Sua Excelência o Presidente da República, Sebastián Piñera Echenique, decidiu suspender a 21ª edição do FIDAE, devido à difusão mundial do COVID-19, que acaba de ser classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma pandemia, o que impossibilita a realização da mostra mundial aeroespacial, de defesa e segurança nas datas programadas. 

Com relação ao exposto, e para suas informações, aguardamos a carta oficial da suspensão do governo do Chile, mencionada acima, que será enviada em tempo hábil. 

Por fim, e por causa desse cenário infeliz, a FIDAE agradece o seu apoio e confiança de centenas de empresas, expositores, delegações nacionais e estrangeiras que confirmaram sua participação no FIDAE 2020. 

Atenciosamente, 

FIDAE 

Por Gabriel Benevides

Publicado em 16 de Março de 2020 às 21:00


Notícias Notícias notícia de aviação aeronave avião Chile Fach FIDAE exposição coronavírus covid-19