Independência

Feriado de 7 de setembro deverá movimentar 82 mil passageiros em Brasília

Aeroporto estima que recesso será o com maior número de viajantes desde meados de março


Feriado de 7 de setembro poderá ser o recesso com maior número de passageiros desde o início da pandemia

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

O feriado de 7 de setembro poderá ser o primeiro termômetro de uma retomada no turismo brasileiro após o período mais grave da pandemia de covid-19. O aeroporto de Brasília estima receber 82 mil passageiros durante todo o final de semana prolongado, com a movimentação aérea sendo de aproximadamente 841 pousos e decolagens.

A Inframerica, concessionária do aeroporto, acredita que ao final os dois picos de movimento vão seguir a tendência normal, com maior fluxo de passageiro na véspera (4) e no retorno (7) do recesso prolongado. A expectativa é que a movimentação deverá ser 19,3% superior se comparado com um dia de movimentação em agosto de 2020.

Apesar do aumento no fluxo de passageiros, o aeroporto de Brasília ainda opera sob os impactos da pandemia. A perspectiva para setembro é de crescimento no fluxo de passageiros, em um ritmo gradual, mantendo a curva de crescimento assistida nos últimos meses.

A concessionária afirma que a crise sanitária obrigou o aeroporto passar por uma completa revisão dos procedimentos na movimentação de pessoas. Ao chegar no terminal o passageiro encontra diversos dispensers de álcool gel e telas informativas que explicam a importância dos cuidados básicos de higiene.

Uma das mudanças mais significativas foi a desativação dos equipamentos de autoatendimento e nas filas de check-in, raio-x e portões de embarque, os passageiros deverão se posicionar em cima dos adesivos que foram instalados no chão para demarcar o distanciamento social. Os balcões de atendimento ainda receberam acrílicos para proteger funcionários e passageiros.

Ao embarcar em voos nacionais o passageiro tem a temperatura medida por uma câmera capaz de aferir até 30 pessoas ao mesmo tempo. Caso alguém esteja com temperatura superior a 37º, será aferido novamente com um termômetro clínico pelos bombeiros de aeródromo que estão no local. Ao desembarcar os passageiros também têm a temperatura aferida pelos bombeiros civis de aeródromo.

Caso seja necessário, recomenda-se que o passageiro se dirija ao Posto Médico do aeroporto que possui equipamentos de alta tecnologia e profissionais qualificados para realizar atendimento emergencial 24 horas. Caso a suspeita de coronavírus se confirme, o passageiro é encaminhado para um hospital especializado.

A Inframerica afirmou em nota que foi intensificada a substituição de sabonete nos banheiros, para garantir a higienização pessoal. A equipe de limpeza intensificou os trabalhos em todo o terminal, que agora utilizam produtos semelhantes aos aplicados para higienização de UTI. Ao chegar nos banheiros, uma placa informa qual a última vez que o banheiro foi higienizado, estimulando a constância na limpeza.

Avisos sonoros lembram que é obrigatório o uso de máscara em todo o aeroporto. Aqueles que não estiverem usando podem adquirir uma máscara personalizada com bordado de avião no Balcão de Informações por um custo de R$ 12. Todos os funcionários do aeroporto de Brasília usam máscaras, e os funcionários que têm contato direto com o passageiro utilizam luvas.

Os elevadores estão sinalizados com um aviso que informa que eles devem ser utilizados de forma consciente, apenas 3 pessoas por vez, mantendo o distanciamento demarcado por adesivos no interior do transportador.

Retomada de voos internacionais

Na quinta-feira (3), a companhia aérea TAP retomou a operação aérea no aeroporto de Brasília após cinco meses de suspensão de voos. Inicialmente os voos chegam de Lisboa todas as segundas e quintas às 05h10, e decola as quartas e sábados às 18h55.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 5 de Setembro de 2020 às 12:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião voos covid-19 coronavirus Brasília TAP aeroporto feriado