Problema de qualidade

Falha de produção compromete vida útil da turbina do A320neo

Problema está relacionado aos motores CFM Leap-1A e exige inspeção da frota global


Airbus A320neo equipado com o motor CFM Leap-1A

Falha afeta apenas oito aviões em serviço nos EUA, mas inspeção deverá ser conduzida por todos os operadores

Os motores CFM Leap-1A, que equipam a família A320neo, da Airbus, deverão passar por uma inspeção adicional após uma falha no controle de qualidade ser identificada. De acordo com a FAA, a agência de aviação civil dos Estados Unidos, o problema afeta diretamente a turbina de alta-pressão (HTP).

Um levantamento feito com inspeção por raio-x mostrou uma não-conformidade em 148 componentes das portas de sangria de ar (bleed port), sendo que em oito componentes a falha foi considerada significativa.

O problema pode gerar em um superaquecimento da vedação intermediária da HPT, podendo gerar uma falha sequencia no rotor. Em caso extremo pode ocorrer um colapso do sistema, causando até mesmo a perda do motor.

A FAA solicitou uma inspeção em todos os motores CFM Leap-1A, seguindo um boletim de serviço do próprio fabricante que em outubro de 2020 alertava para a necessidade de substituição do conjunto da HTP afetadas.

Ainda que a inspeção seja geral, o problema, por ora, afeta apenas oito motores que estão sendo utilizados por empresas aéreas dos Estados Unidos. Segundo a CFM, a recomendação é uma prevenção e nenhum dos componentes afetados apresentou falha até o momento e nem ultrapassou o limite de vida útil, que foi limitada pelo problema.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 25 de Março de 2021 às 17:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A320neo CFM Leap-1A turbina motor FAA