Crise e renegociações

Etihad recebe A350-1000 e inicia armazenagem imediata do modelo

Aeronave está sendo estocada e empresa não possui previsão de quando integrará aeronave na frota


Airbus A350-1000 na frota da Etihad Airways por ora ficará apenas na projeção gráfica

A Ethiad Airways iniciou o recebimento de seus novos A350-1000, que deveriam compor importante parte da frota de longo curso da empresa árabe. Todavia, os aviões estão saindo da fábrica da Airbus, em Toulouse, para o aeroporto de Bordeaux, onde ficarão armazenados.

Os cinco primeiros aviões não saíram da França direto para a sede da companhia em Abu Dhabi, mas foram destinados ao armazenamento de longo prazo. A Etihad realizou uma série de cancelamentos de pedidos de aeronaves, mas optou por receber cinco A350-1000 como parte das negociações com a Airbus. Em fevereiro de 2019 a empresa anunciou o cancelamento de 76 aviões que deveria receber da Airbus e Boeing. Entretanto, confirmou o recebimento de cinco A350-1000 e 26 A321neos, além de prever para 2020 outros seis Boeing 777-9X. Com a mudança nos planos a empresa dispensou 57 unidades do A350-1000 e outros 19 aviões da série 777-9. Já os A350-900 e 777-8X a Etihad cancelou todos os pedidos.

LEIA TAMBÉM

Nos últimos anos a Etihad assistiu uma drástica redução em seus lucros, tendo registrado perdas de US$ 1,28 bilhão em 2018, o terceiro consecutivo de prejuízo. Entre os motivos estão uma série de investimentos em empresas aéreas que se mostraram deficitários e em alguns casos bastante graves para o caixa da companhia.

Outro entrave para a empresa foi a retomada de uma série de voos para Heathrow, em Londres, visando manter seus slots em um dos principais aeroportos do mundo e com grande demanda de voos para os Emirados Árabes. A Etihad alugava alguns desses slots para a indiana Jet Airways, que decretou falência e suspendeu suas operações. Com uma forte concorrência no aeroporto londrino a empresa árabe disputa passageiros com a Emirates Airline, da vizinha Dubai, e com a British Airways.

A Etihad planeja inserir os novos A350-1000 em voo, mas não tem um prazo para o início das operações.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Da redação

Publicado em 16 de Setembro de 2019 às 20:00


Notícias Etihad Abu Dhabi Emirados Árabe s Dubai Airbus A350 Boeing 777X 777-8 777-9 A350-1000 A350-900