Aviação Comercial

Embraer anuncia lançamento da segunda geração de E-Jets

A primeira aeronave, um E190-E2, deve entrar em serviço no primeiro semestre de 2018


Divulgação A Embraer anunciou o lançamento da segunda geração de aviões comerciais da família de E-Jets, denominada E-Jets E2 e composta por três novos aviões - E175-E2, E190-E2 e E195-E2. "O lançamento do E2 se baseia na nossa visão de oferecer jatos comerciais com tecnologia de ponta e capacidade adequada para o segmento de 70 a 130 assentos, com o mesmo padrão superior de conforto e desempenho dos grandes aviões." disse Frederico Fleury Curado, diretor-presidente da Embraer S.A. As aeronaves serão equipadas com motores Pratt & Whitney PurePowerTM Geared Turbofan (PW1700G no E175-E2 , PW1900G no E190-E2 e E195-E2) e aviônicos Honeywell Primus EpicT 2. Em uma configuração típica de classe única, o E175-E2 foi estendido em uma fileira de assentos, em comparação com o E175 da geração atual, e terá capacidade para até 88 passageiros, enquanto o E190-E2 mantém o mesmo tamanho que o E190, de até 106 lugares. Já o E195-E2, em comparação com o atual E195, cresceu três filas de assentos e pode acomodar até 132 assentos. A Embraer prevê um investimento de USD 1,7 bilhão ao longo dos próximos oito anos para a fabricação dos E-Jets E2 e uma demanda de 6.400 jatos comerciais com capacidade de até 130 lugares ao longo dos próximos 20 anos. O E190-E2 deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020.
Da redação

Publicado em 17 de Junho de 2013 às 14:57


Notícias