Resultados bilionários

Carteira de pedidos da Embraer no terceiro trimestre de 2019 soma US$ 16,2 bilhões

Período marcou entrega do primeiro E195-E2 e do KC-390 e assinatura de novos contratos internacionais


Azul foi o primeiro cliente no mundo a receber o E195-E2 o maior avião da família E-Jet de segunda geração

A Embraer divulgou o balanço do terceiro trimestre de 2019, apontando um total de 44 aviões no entregues, dos quais 17 foram da família E-Jet e 27 jatos executivos (sendo 15 leves e 12 grandes). A carteira de pedidos firmes a entregar em 30 de setembro totalizava US$ 16,2 bilhões.

No inicio do trimestre a Embraer assinou um contrato de US$ 340 milhões com a SkyWest referente a de sete E175 configurados para 70 assentos, que serão operados para a Delta. O acordo já havia sido incluído na carteira de pedidos (backlog) da fabricante como “cliente não divulgado. De acordo com a fabricante, as entregas estão previstas para começar no quarto trimestre deste de 2019.

LEIA TAMBÉM

No período a Embraer também entregou o primeiro E195-E2, maior das três aeronaves da família E-Jets E2 de jatos comerciais, para a AerCap, maior companhia de arrendamento de aeronaves do mundo, que arrendou a aeronave para a Azul, que se tornou operadora de lançamento global do modelo. A companhia aérea encomendou 51 E195-E2, prevendo receber outras cinco unidades até o final do ano.

No segmento de Aviação Executiva, a Embraer incluiu o acordo de compra com a norte-americana Flexjet, avaliado em US$ 1,4 bilhão, que inclui os modelos Praetor 500, Praetor 600 e Phenom 300. O anúncio ocorreu durante a NBAA-BACE (National Business Aviation Association’s Business Aviation Conference and Exhibition), em Las Vegas.

Já o novo Praetor 500, da categoria de jatos executivos médios, recebeu a certificação de tipo das autoridades do Brasil, Estados Unidos e Europa, ao mesmo tempo que Embraer entregou o primeiro Praetor 600 a um cliente brasileiro.

Embraer realizou a primeira entrega do KC-390 para a Força Aérea Brasileira

Por fim, a unidade de Defesa & Segurança, confirmou a assinatura do contrato firme para venda de cinco KC-390 com o governo de Portugal, representando a entrada da aeronave no mercado internacional. O acordo abrange também suporte e serviços, assim como um simulador de voo. As entregas para a força aérea portuguesa estão programadas para começar em 2023. Este contrato será incluído na carteira de pedidos da Embraer do quarto trimestre de 2019.

A Embraer também entregou o primeiro KC-390 à FAB, dando início aos preparativos para a entrada da aeronave em serviço no Brasil, onde será operada pelo Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1° GTT), baseado em Anápolis, em Goiás. Treinamentos teóricos e práticos vem sendo conduzidos pela Embraer, junto às equipes da força aérea, para o início das operações da aeronave.

A Embraer Serviços & Suporte, por meio do portfólio de soluções TechCare, assinou um contrato de longo-prazo do Programa Pool de suporte e manutenção de componentes com a Hunnu Air, da Mongólia, para sua frota de jatos E190 recém-adquiridos por leasing. No período, a Horizon Air, subsidiária do Alaska Air Group, escolheu o centro de Serviços de Manutenção de Aeronaves da Embraer (EAMS, na sigla em inglês) em Nashville, nos Estados Unidos, como fornecedor exclusivo de manutenção pesada para a frota de 30 E175 da companhia. O contrato inclui manutenção de fuselagem, modificações e serviços de reparo.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 31 de Outubro de 2019 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Embraer E-Jet E2 Azul KC-390 Praetor NBAA FAB Portugal Anápolis Phenom 300