Tail strike

Cargueiro bate a cauda na pista durante a decolagem

747F se envolveu em um evento de 'Tail Strike' e teve diversos danos na estrutura posterior da fuselagem


[Colocar Alt]

Um Boeing 747-400F da Saudi Cargo se envolveu em um incidente durante a decolagem, batendo violentamente a cauda no chão. O evento conhecido como tail strike ocorreu no aeroporto saudita de Damamm.

O voo tinha como destino a Espanha, mas após a colisão os pilotos optaram por alternar para o aeroporto de Jeddah, onde a aeronave pousou em segurança. O avião, operado pela ACT Airlines (MyCargo Airlines) foi obrigado a voar por aproximadamente duas horas e cinquenta minutos, enquanto realizava os procedimentos para pouso, incluindo o alijamento de parte do combustível.

A aeronave irá permanecer em solo até que a avaliação dos danos seja concluída e estudado qual o melhor procedimento de reparo.

LEIA TAMBÉM

O tail strike ocorre quando o piloto durante a decolagem comanda um ângulo de subida acima do ideal, ou inicia a rotação do avião em baixa velocidade, exigindo assim maior ângulo de ataque. Com o efeito a empenagem (cauda) do avião bate e arrasta na pista até a aeronave deixar o solo. Todavia, também é possível ocorrer um tail strike no pouso, quando o piloto comanda um ângulo do nariz acima do ideal para o momento do toque.

Em geral o evento não é perigoso, mas exige um reparo complexo, visto que envolve danos na estrutura da aeronave.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Gabriel Benevides

Publicado em 6 de Fevereiro de 2020 às 07:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 747 747F Saudi Arabia ACT Airlines MyCargo Airlines Jeddah Arábia Saudita tail strike