AERO Magazine
Busca

Lar definido

Caças F-35A da Alemanha já têm base aérea escolhida

Novos caças ficarão em base usada pelos veteranos Panavia Tornado IDS


Presença do avançado F-35 em todo o mundo está cada vez maior - Divulgação
Presença do avançado F-35 em todo o mundo está cada vez maior - Divulgação

Dexei a fonte abaixo para sanar alguma questão

Fonte da notícia: https://www.swr.de/swraktuell/rheinland-pfalz/trier/luftwaffe-will-alle-f-35-tarnkappenjets-in-rlp-stationieren-100.html

Os futuros caças F-35A da Alemanha deverão ser destacados a base aérea de Büchel,na região de e Eifel.

A base estaria passando por reformas para receber as 35 unidades do caça de quinta geração. O serviço deverá ser concluído em 2026 e cerca de 170 milhões de euros serão investidos na adequação das instalações para os novos aviões.

Contudo, devemos ressaltar que, em março, a informação sobre a compra alemã de caças F-35 foi publicada pela Reuters e pelo jornal alemão DW, mas nada foi publicado pelo governo da Alemanha ou dos Estados Unidos, o que deixa a compra dos modernos aviões em aberto.

Ainda assim, a rádio alemã Südwestrundfunk, que citou as forças armadas na notícia, confirmou que a base de Büchel, será destinada aos F-35A. Caso seja confirmada a compra dos aviões, a escolha da base aérea faz sentido, visto que lá estão os Tornados IDS, que seriam naturalmente substituídos pelos caças norte-americanos. Além disso, nesta base especula-se que estão armazendas armas nucleares dos Estados Unidos , dentro da premissa de suporte da Otan.

A força aérea alemã que substituir seus caças Panavia Tornado por uma aeronave que tenha capacidade de levar armas nucleares, algo cumprido pelos F-35A. O caça de quinta geração da Lockheed Martin está em processo avançado para certificação para o uso de bombas B-61, que podem conter ogivas atômicas.

A questão dos F-35 não é a única e discussão na Alemanha, a aquisção de 34 caças F/A-18E/F Super Hornet e EA-18G Growler (versão para guerra eletrônica) também depende de aprovação oficial, mas parece mais certa de ser conluída.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Banner Promocional

Por André Magalhães
Publicado em 15/06/2022, às 16h15


Mais Notícias