Plano B

Novos caças F-15EX realizam avaliação avançada no Alasca

Protótipos estão sendo submetido a bateria de testes para comprovar suas capacidades de combate


F-15EX em voo no Alasca

Exercício permitirá avaliar o F-15EX em situação real de combate

Os dois protótipos do F-15EX Eagle II foram enviados para o Alasca, para o exercício Northern Edge 21, que se estende até o próximo dia 14 de maio.

A participação do novo caça dos Estados Unidos na Northern Edge permitirá as equipes de avaliação da força aérea realizar testes profundos em um complexo ambiente de interferência dinâmica, coletando dados essenciais para a avaliação e ajustes do projeto.

Ainda que o F-15EX não seja um caça exatamente novo, sendo derivado direto do consagrado F-15E Strike Eagle, as melhorias adicionadas ao avião exigem uma a integração entre os testes de desenvolvimento e a operação em um ambiente complexo e dinâmico.

O teste no Alasca também servirá para avaliar o desempenho de subsistemas, como o cockpit avançado, os novos displays e o capacete digital criado exclusivamente para o F-15EX. Além disso, ainda serão avaliados o comportamento do sistema de sobrevivência de alerta ativo/passivo, e a atuação geral do radar, incluindo a integração conjunta com outras aeronaves.

Durante as atividades especiais, alguns pilotos do F-15C estarão voando no F-15EX, permitindo avaliar também a rápida e simples transição entre as duas versões. Atualmente a força aérea dos Estados Unidos (Usaf, na sigla em inglês) conta com os protótipos 001 e 002, utilizados para avaliação e integração do avião. As aeronaves estão baseadas em Eglin, na Flórida, onde são avaliados os caças do arsenal norte-americano.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 10 de Maio de 2021 às 08:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação caça F-15 F-15EX Strike Eagle Eagle II USAF EUA Northern Edge