Teste de armamento

Caça de última geração dos Estados Unidos testa nova bomba de precisão

Misssão teste contou com uma importante participação de um F/A-18E Super Hornet



Bomba GBU-53/B já foi testada em outros caças norte-americanos | Foto: Raytheon

Um caça F-35B do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos lançou pela primeira vez a bomba o GBU-53/B StormBreaker, produzida pela Raytheon.

O dia exato do teste é desconhecido, mas sabe-se que um caça F/A-18E Super Hornet também participou do teste.

Após o lançamento do armamento pelo caça furtivo, o Super Hornet monitorou o descolamento da bomba até o alvo ser atingido.

Esse ensaio também serviu para demonstrar como o armamento pode ser integrado o cenário de combate atual, pois uma aeronave pode lançar a bomba e outro caça pode gerenciar a trajetória, estando afastado da zona de combate. No caso do F-35 a estratégia permite manter o avião invisível aos radares inimigos, uma vez que ele não utilizará seus sistemas ativos, como radar e miras, mantendo o máximo de discrição.

O previsão é que a bomba GBU-53/B também esteja operacional nas duas outras versões do F-35, equipando assim todos os caças do tipo usados pela força aérea e da marinha norte-americana. A integração do armamento para as três variantes deverá ser concluído em 2023.

F-35B é utilizado exclusivamente pelos Fuzileiros Navais dos EUA | Foto: Us Marines

A Força Aérea dos EUA (Usaf) já realizou testes e liberou, ainda em 2020, o uso da GBU-53/B para os caças F-15 Strike Eagle. Já a marinha deverá declarar a capacidade operacional inicial do armamento no F/A-18 Super Hornet em meados do ano que vem.

Outro teste envolvendo o F-15E foi com as bombas B61-3 e B61-4, os armamentos em questão podem conter ogivas nucleres com fator destrutivo de alta precisão, podendo destruir bases aéreas, embarcações e demais instalações.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por André Magalhães

Publicado em 3 de Dezembro de 2021 às 13:10


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação f-35 lockheedmartin marines