Alerta!

Resposta de governos à Ômicron ameaça recuperação da aviação, diz Iata

Declaração foi dada durante anúncio dos dados do mês de outubro


Saguão do aeroporto de Guarulhos

Outubro foi mais um mês de dados positivos para o setor. | Foto: Divulgação

A Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) afirmou que a recuperação das viagens aéreas continuou no mês de outubro, com amplas melhorias nos mercados doméstico e internacional.

A demanda total por viagens aéreas recuperou 51,6% dos níveis pré-pandemia, em relação a outubro de 2019. Em setembro, este percentual estava em 46,7%. O mercado interno recuperou 88,4%, frente aos 85,8% registrados em setembro, e a demanda internacional de passageiros recuperou 35,5% no mês, alta de 3,5 pontos percentuais.

Em meio à divulgação destes dados, a Iata fez um alerta em meio ao avanço da variante Ômicron do coronavírus, dizendo que a imposição de proibições de viagens por parte dos governos, contra o recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pode ameaçar a recuperação do setor.

O surgimento da variante Ômicron fez com que muitos governos mais uma vez restringissem ou removessem totalmente a liberdade de viajar. As proibições de viagem mal aconselhadas são tão ineficazes quanto fechar a porta do celeiro depois que o cavalo fugiu", de acordo com o Diretor Geral da Iata, Willie Walsh.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 2 de Dezembro de 2021 às 15:35


Notícias noticias noticias de aviação Iata Dados Outubro Alerta Ômicron Variante