Guerra ao vírus

Boeing cria dispositivo que utiliza luz UV-C para higienizar aeronaves

Sistema portátil é capaz de eliminar com segurança mais de 99,9% dos agentes patológicos


Luz UV-C de 222 nanômetros é capaz de inativar patógenos de forma eficaz

Receba as notícias de AERO diretamente no TelegramWhatsApp e Instagram

A Boeing passará a disponibilizar para o mercado aeronáutico um bastão especial de luz ultravioleta (UV) projetado para higienizar o interior de aviões. O equipamento será produzido pela empresa de tecnologia hospitalar Healthe, sediada na Flórida.

O bastão portátil deverá ampliar a segurança a bordo e visa apoiar as companhias aéreas a aumentar a confiança do consumidor em viagens durante a pandemia. A tecnologia poderá estar disponível para as companhias aéreas até o final do ano, sendo um complemento às medidas de higienização e proteção já implantadas, como os filtros HEPA.

"O bastão de luz UV foi projetado para ser mais eficaz do que dispositivos similares. Ele desinfeta rapidamente as superfícies em um avião e reforça ainda mais outras abordagens em camadas para proteção dos passageiros e a tripulação", afirma Mike Delaney, que lidera a iniciativa da Boeing.

O projeto demandou seis meses de trabalho para ser considerado viável e operacionalmente seguro. Embora o foco sejam as companhias aéreas, potencialmente outros setores poderão empregar o dispositivo para combater a pandemia do coronavírus.

"À medida que aumentamos a implantação de nossas soluções de luz UVC e Far-UVC 222 de ponta em muitos setores, este novo bastão de luz de nível comercial será outra ferramenta poderosa no arsenal de higienização para proteger os passageiros contra a propagação de vírus nocivos”, comentou Abe Morris, presidente executivo da Healthe.

O bastão de luz UV usa luz UVC de 222 nanômetros, que de acordo com pesquisas indicam que é capaz de inativar patógenos de forma eficaz.

Com o uso do aparelho autônomo, que lembra uma mala de mão, as equipes podem passar a luz ultravioleta sobre superfícies de alto contato, higienizando todos os locais que a luz alcança. O bastão UV é particularmente eficaz em espaços compactos e desinfeta uma cabine de comando em menos de 15 minutos.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 23 de Setembro de 2020 às 18:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing covid-19 luz UV-C ultravioleta vírus pandemia