Substituto do F/A-18

Caças F-35 da Austrália atingem capacidade operacional inicial

Marca permite a RAAF planejar o emprego real de sua frota de aviões de quinta geração


F-35 australiano deverão substituir no médio prazo todos os F/A-18 utilizados pela RAAF

A Austrália anunciou que seus F-35A alcançaram a capacidade operacional inicial (IOC, na sigla em inglês), podendo iniciar sua carreira no serviço ativo na RAAF (Royal Australian Air Force).

O Departamento de Defesa australiano confirmou que os novos caças passaram por um rigoroso processo de validação de suas capacidades dentro dos requisitos da força aérea do país.

"Como fabricante de equipamento original e principal parceiro de sustentação da indústria para a frota de F-35A da Austrália, a Lockheed Martin parabeniza a RAAF por alcançar este marco e estamos prontos para apoiar a frota com nossos parceiros da indústria [local]", disse Bill Brotherton, vice-presidente interino programa F-35 da Lockheed Martin.

Atualmente a Austrália possui uma frota composta por 33 unidades do F-35A, de um total de 72 aeronaves encomendadas. Os caças estão sediados nas bases da RAAF em Tindal , no norte do país, e Williamtown, nos arredores de Sydney. De acordo com a força aérea australiana, atualmente 45 pilotos e 600 mecânicos estão habilitados para o F-35.

Atualmente a frota de F-35 do país já acumularam mais de 8.780 horas de voo. A expectativa é que os aviões cumpram o papel de principal caça australiano pelos próximos 30 anos, substituindo no médio prazo os F/A-18, que em suas diversas variantes estão em serviço na Austrália desde 1985.

Saiba mais...

O chamado IOC é concebido quando um ou mais requisitos de capacidade podem ser integrados durante as operações de uma força militar. Diversos fatores são considerados, incluindo treinamento, suprimentos, instalações aéreas e logística. Em geral a soma de diversas condições é que fornecem a capacidade operacional necessária.

O próximo objetivo da Austrália é alcançar a capacidade operacional final, tornando o F-35A plena competência para assumir todas as missões exigidas pela força aérea do país.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 30 de Dezembro de 2020 às 16:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação caça F-35 F/A-18 Super Hornet Hornet RAAF Australia Lockheed Martin