Potencial cargueiro

A Latam poderá converter até oito Boeing 767 em cargueiros

Capacidade de transporte de cargas aumentará até 80% com a mudança


Boeing 767-300ER da Latam Airlines

Latam deverá converter até oito 767-300 em aeronaves de carga | Foto: Gabriel Benevides

A Latam anunciou hoje (1), a conversão de até oito Boeing 767-300ER da sua frota de transporte de passageiros em aviões cargueiros. A mudança permitirá aumentar a capacidade de carga em quase 80%.

Segundo a companhia, a medida busca expandir as opções de serviços e aproveitar as sinergias de uma frota homogênea de aeronaves cargueiras. Na primeira fase, entre 2021 e 2022, serão convertidas quatro aeronaves. Na segunda fase, a Boeing vai converter mais quatro aeronaves até 2023.

A mudança será baseada no sistema Boeing Converted Freighter, um projeto elaborado pela própria Boeing para conversão de aviões cargueiros. Com a mudança as aeronaves serão designadas como 767-300BCF.

A Latam Cargo, divisão de cargas da companhia, terá quinze aeronaves nesta configuração. Com a conversão de todos os aviões a frota será ampliada para dezenove unidades, uma das maiores frotas do tipo nas Américas.

A Latam Cargo afirmou que, em 2020, desempenhou um papel ativo no abastecimento dos países, especialmente no Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, assegurando a oferta para os setores exportadores e importadores da América do Sul, e chegando a aumentar suas frequências em mais de 40% nesses mercados.

Uma das mudanças ao longo do ano passado foi a operação de aviões de passageiros no transporte exclusivo de carga, em uma adaptação que foi padrão em praticamente todas as grandes empresas aéreas do mundo.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 1 de Março de 2021 às 15:50


Notícias notícias de aviação aeronave avião Boeing 767-300 767-300BCF Latam cargueiro pandemia carga aérea