Crise e oportunidade

Em meio à pandemia aeroportos da Rússia e da Turquia se destacam

Com restrições de viagens ambos os países subiram para o topo da lista dos terminais mais movimentados da Europa


Aeroporto de Istambul se consolidou como o mais movimentado da Europa em 2020

Após a Europa fechar fronteiras e reduzir a circulação de pessoas por conta da pandemia, os aeroportos da Rússia e Turquia se tornaram os novos centros de distribuição de passageiros mais movimentados na Europa.

Uma análise entre os 400 maiores aeroportos do mundo, entre os meses de abril e dezembro de 2020, mostrou que os aeroportos de Moscou e Istambul se tornaram os mais movimentados na região.

A análise foi feita pelo Anker Report, que listou os quinze maiores aeroportos europeus (incluindo a Europa do Leste), apontando que mesmo com a crise sanitária global os mercados da Rússia e Turquia se mostraram estáveis, com boa movimentação doméstica.

O tráfego doméstico da Rússia apresentou em dezembro de 2020 um desempenho satisfatório, com cerca de 80% da demanda registrada no ano anterior. Durante os meses de verão, a demanda doméstica russa ficou quase no mesmo nível de 2019.

Já na Turquia a demanda de voos durante o verão atingiu um pico de cerca de 60% do existente em 2019, mas reduziu para 30% em dezembro do ano passado. O aeroporto de Istambul (IST), mesmo com uma queda de 68% no tráfego de passageiros, está superando outros aeroportos centrais europeus.

Foi o aeroporto mais movimentado da Europa em dezembro de 2020, com 1,7 milhão de passageiros. A Turkish Airlines é a transportadora dominante no aeroporto, respondendo por quase 80% da capacidade de assentos de acordo com o Cirium Data and Analytics.

Enquanto isso, os terminais de Domodedovo (DME) e o Sheremetyevo (SVO), ambos na região metropolitana de Moscou, dividem o segundo lugar no ranking europeu. O aeroporto de Sheremetyevo recebeu 1,269 milhão passageiros em dezembro de 2020, enquanto Domodedovo recebeu 1,264 milhão de passageiros.

Na sequência aparece o aeroporto de Amsterdam, com 1,2 milhão de passageiros em dezembro de 2020, uma redução de 71% no volume quando comparado ao mesmo mês de 2019. Na quinta posição aparece o aeroporto de Istambul (SAW) com 1,2 milhão de passageiros, resultado 58% inferior ao mês de dezembro de 2019, mas que manteve a Turquia no top cinco com dois de seus aeroportos.

O aeroporto de Londres (LHR), que sempre esteve entre os mais movimentados do mundo, encerrou dezembro com apenas 1,14 milhão de passageiros, uma impressionante queda de 83% no movimento. OS aeroportos londrinos chegaram a movimentar 126,5 milhões de passageiros em 2019, mais do que qualquer outra cidade no mundo, mas no acumulado de 2020 viu o tráfego reduzir 73%, tendo como agravante as restrições de viagem no Reino Unido e ao Brexit. Em fevereiro deste ano, o Reino Unido apareceu apenas na sexta posição entre os maiores mercados da Europa.

Por Martin Romero

Publicado em 24 de Fevereiro de 2021 às 14:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação aeroporto Istambul Londres LHR Moscou pandemia