Capacidade aumenta de 10 para 15 milhões de passageiros ao ano

Aeroporto de Salvador conclui primeira fase de modernização

Obras consumiram investimento de R$ 700 milhões e ampliou capacidade do terminal para 15 milhões de passageiros ao ano


Aeroporto de Salvador conclui primeira fase das obras de modernização e amplia também conectividade internacional

O aeroporto de Salvador concluiu a primeira fase das obras de melhoria e ampliação, que aumentaram a capacidade do aeroporto de 10 para 15 milhões de passageiros por ano. Com o objetivo de melhorar o desempenho operacional do aeroporto, a primeira fase de obras incluiu a requalificação das pistas e ampliação do pátio de aeronaves.

As obras ainda incluíram a ampliação do terminal de passageiros e a construção de um novo píer com seis pontes de embarque e a implementação de um novo sistema de transporte de bagagens, uma área ampliada para as lojas, além de novos serviços, como Wi-Fi gratuito.

LEIA TAMBÉM

O programa de obras representou um investimento de R$ 700 milhões e os trabalhos foram concluídos em apenas 18 meses. De acordo com o aeroporto, durante a execução das obras houve um gerenciamento para escalonar e acomodar o gerenciamento ideal do fluxo de passageiros e a movimentação das aeronaves, mantendo, desta forma, a atividade aeroportuária durante as intervenções.

As melhorias fazem parte do contrato de concessão, onde a operadora Vinci Airports assumiu o controle e operação do aeroporto baiano em janeiro de 2018. A empresa ainda ampliou o escopo das obras, com implementação de iniciativas ambientais que incluiu a construção de uma estação de tratamento das efluentes, que permitiu o reuso de 100% da água no próprio aeroporto, uma central de resíduos e uma planta de energia solar.

A concessionária prevê na próxima fase de obras, que devem ser finalizadas em outubro de 2021, um retrofit da praça de alimentação e instalação de mais balcões de check-in e ampliação do número de pontes de embarque.

Desde o início da concessão o aeroporto de Salvador também ampliou sua conectividade, incluindo a abertura de oito novas rotas, com voos diretos para Miami, Panamá, Ilha do Sal e Santiago do Chile.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 12 de Dezembro de 2019 às 10:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião aeroporto Salvador Vinci Airports Panamá Santiago do Chile voos internacionais