Boas notícias

Voepass anuncia retorno de operações em julho

Empresa terá voos para São Paulo e Rio de Janeiro, além de retomar grande parte das operações na região norte


Voepass retomará voos entre Manaus e diversas cidades da região norte, operação considerada estratégica para companhia

A Voepass Linhas Aéreas anunciou que realizará a retomada de suas operações a partir do dia 03 de julho. A empresa foi uma das primeiras no mundo a anunciar a paralisação completa das atividades diante da piora do cenário causado pela pandemia da Covid-19, que ao final do período deverá atingir um prazo de cerca de três meses.

A Voepass terá na primeira fase o reinicio das operações das rotas que ligam Ribeirão Preto a São Paulo (GRU), ao Rio de Janeiro (SDU), além de voos para dez destinos na região norte do Brasil.

LEIA TAMBÉM

Inicialmente os voos diários entre Ribeirão Preto e São Paulo serão operados em dois horários, com saídas de Ribeirão Preto às 07h05 e às 17h50, e no sentido inverso decolando do aeroporto de Guarulhos às 10h30 e às 21h30. Já a ligação entre Ribeirão Preto e Rio de Janeiro será realizada apenas às sextas-feiras às 12h30 e aos domingos às 16h30, com volta também na sexta-feira às 14h40 e aos domingos às 18h30, respectivamente.

"Acreditamos no início da retomada gradual das operações. A ligação entre Ribeirão Preto e o aeroporto de Guarulhos irá permitir aos nossos passageiros o acesso ao principal HUB de voos do Brasil, possibilitando conexão com todos os destinos operados pelas companhias parceiras para todo o país”, explica José Luiz Felício Filho, Presidente da Voepass.

A empresa afirma que também vai retomar as retomadas operações operados pela MAP, ligando Manaus as cidades de Parintins, Itaituba, Belém, Altamira, São Gabriel da Cachoeira, Eirunepé, Carauari, Coari e Lábrea. A região norte é uma das com maior necessidade de transporte aéreo, pela pequena infraestrutura rodoviárias e os longos tempos de viagem por via terrestre. Além disso, a conectividade aérea é fundamental para a integração do interior do país. A Voepass ressaltou que os voos também estarão disponíveis e conectados através dos acordos comerciais codeshare e interline dos parceiros Gol Linhas Aéreas e Latam.

A retomada dos voos representa aproximadamente 10% das operações que a Voepass antes da pandemia, obrigando a companhia a realizar um planejamento estratégico para atender destinos consolidados e evitar um excesso de oferta em um cenário com baixa demanda.

“Estamos retomando as operações em alguns mercados que eram consolidados, para atender aos passageiros e também testar a demanda”, explicou Eduardo Busch, Diretor Executivo da empresa, a volta integral das operações depende de alguns fatores. “O retorno dos demais mercados dependerá ainda de fatores externos ligados à evolução da pandemia”.

A Voepass é uma das companhias que negociam uma auxilio emergencial junto ao governo brasileiro. A maior parte das empresas aéreas do mundo estão recebendo créditos especiais por parte do Estado, visto a crise sem precedentes que interrompeu a operação aérea global, tornando diversas empresas rentáveis em deficitárias em poucas semanas.

“Estamos negociando um apoio do BNDES, que caso seja concretizado, permitirá uma retomada muito mais rápida da integralidade dos 47 destinos atendidos pelos voos da Voepass”, contou Busch.

A empresa também anunciou um novo aplicativo que facilitará os procedimentos de embarque, permitindo fazer o check-in e utilizar o celular para apresentar o cartão de embarque eletrônico. “Para o check-in, ele [passageiro] não irá precisar tocar em nada além do próprio celular. Mas caso houver necessidade do atendimento, ele será realizado observando-se os protocolos de biossegurança recomendado”, aponta Felício.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 2 de Junho de 2020 às 15:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião Voepass covid-19 ATR MAP GRU Santos Dumont Rio de Janeiro coronavírus Amazonas Manaus