Retomada

Boeing poderá receber um novo pedido milionário para o 737 MAX

Southwest Airlines deverá formalizar um contrato adicional envolvendo o 737 MAX 7


Boeing 737 MAX 8 da Southwest Airlines, dos EUA

Southwest é um dos maiores operadores do Boeing 737 em todo o mundo

A Boeing poderá receber um pedido para dezenas de 737 MAX vindos da Southwest Airlines, um dos seus principais clientes para o modelo. A encomenda poderá envolver o 737 MAX 7, a versão de menor capacidade, voltado para rotas de média densidade.

Caso seja confirmado, este poderá ser o maior pedido para a família 737 MAX desde o retorno das operações, em dezembro do ano passado. De acordo com a agência Reuters, o negócio deverá ser confirmado nas próximas semanas.

A Southwest havia afirmado, no ano passado, que não descartava passar a voar uma frota mista, encomendando também a família A320neo, da Airbus. Porém, o movimento ao redor do 737 MAX 7 poderá garantir a fidelidade da empresa aérea com os modelos da Boeing.

O acordo proposto segue especulações de um confronto entre os 737 MAX 7 e os A220, respectivamente os menores modelos comerciais da Boeing e Airbus. A expectativa é que o fabricante europeu consiga avançar em vendas no segmento de entrada dos aviões comerciais na faixa superior aos 120 assentos, entrando em um mercado que a Boeing pretendia ocupar com a família E-Jet E2, da Embraer.

Atualmente a Southwest possui 56 aeronaves da série 737 MAX na frota, porém, dezesseis delas ainda estão estocadas. Há ainda 21 unidades entre os modelos MAX 8 e MAX 9 pendentes de entrega.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 11 de Março de 2021 às 17:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Boeing 737 MAX 737 MAX 7 Airbus A220 E-Jet E2 Embraer Southwest