Saab e Atech firmam parceria no Gripen NG

Acordo abrange simuladores, sistemas de treinamento e de apoio terrestre


Dentro do andamento do acordo firmado entre o Brasil e a Suécia para o Gripen NG, ambos os países continuam trabalhando na integração de suas industrias ao programa de desenvolvimento do novo avião.

A Saab e a Atech formalizaram uma cooperação industrial no âmbito do programa brasileiro do Gripen NG. A Atech realizará extenso treinamento em campo e intercâmbio de trabalhos durante o mês de maio, onde uma equipe de engenheiros será enviada à Suécia para participar do treinamento inicial. As habilidades e competências adquiridas serão posteriormente transferidas para o Brasil.

Até 2022, mais de 350 brasileiros terão feito intercambio na Suécia, incluindo técnicos e engenheiros da Embraer, AEL, Akaer, Atech, Inbra e Mectron. As equipes brasileiras vão atuar no desenvolvimento da aeronave, gerenciamento de projeto, desenvolvimento de simuladores e certificação, dentre outras atividades. A expectativa é que o Brasil também tenha papel importante no desenvolvimento da versão biplace (dois lugares) e nos primeiros estudos de viabilidade do Sea Gripen, modelo com adaptações necessárias para operar a bordo de porta-aviões.

Para este ano, a expectativa é concluir a montagem do primeiro protótipo do Gripen NG. A previsão é que o primeiro avião brasileiro deixe a unidade de Linköping, na Suécia, em 2019. Das 36 unidades adquiridas, quinze serão produzidas no Brasil, com a última prevista para entrega em 2024. A Força Aérea da Suécia já encomendou outras 60 unidades do modelo. Ao todo, são 96 encomendas firmes, podendo o Brasil ampliar seu pedido para mais de 100 aeronaves.

Da redação

Publicado em 26 de Abril de 2016 às 16:00


Notícias Gripen Gripen NG FAB Embrae Saab Atech