Missão do Hércules

Rival do C-390 da Embraer vence contrato na Indonésia

Lockheed Martin confirma venda do C-130J Super Hercules em acordo direto


Lockheed Martin C-130J

C-130J avança em vendas internacionais realizadas de forma direta pela Lockheed Martin

A Indonésia confirmou a compra do C-130J Super Hercules da Lockheed Martin. Ainda que não tenha sido confirmado o número total, acredita-se que poderá chegar as cinco unidades.

O acordo será realizado através de um contrato de venda comercial direta, feito entre o fabricante e o governo indonésio. O país asiático tem modernizado seus meios militares, incluindo a compra dos aviões de ataque leve e treinamento T-50, da sul-coreana KAI.

“A Lockheed Martin tem a honra de dar as boas-vindas a Indonésia à família mundial do C-130J Super Hercules”, disse o fabricante em comunicado. A escolha do C-130J era uma opção natural para a Indonésia, por sua tradição na operação do modelo e as boas relações que vem mantendo com Washington nos últimos anos. Atualmente o país conta com 24 unidades do C-130 Hercules, com idade média de 47 anos, ainda que os seis da frota C-130B tenham mais de 60 anos de uso.

A venda para a Indonésia era vista como uma das oportunidades para a Embraer com o C-390 Millennium, mas as vantagens competitivas da aliança com os Estados Unidos, somado ampla frota de C-130 em serviço, favoreceram o modelo norte-americano.

Ainda assim, os indonésios têm uma ampla frota de caças russos, com destaque para cinco Sukhoi Su-37 e onze Su-30. Além disso, é um dos operadores do A-29 Super Tucano da Embraer.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 13 de Setembro de 2021 às 14:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação C-130 Lockheed Martin C-130J Super Hercules Hercules Embraer C-390 Millennium