Depende agora do mercado

Qatar Airways não deverá encomendar aviões por até dez anos

Empresa árabe avalia suspender encomendas e entregas após ser afetada pela suspensão global dos voos


Nova realidade economica global levou a Qatar Airways revisar seu plano de frota na próxima década

A Qatar Airways deverá adiar a compra de novas aeronaves por um período de oito a dez anos. A estratégia reflete a mudança nos planos da empresa após a grave situação global causada pela pandemia de covid-19.

Em entrevista, o CEO da Qatar Airways, Akbar al-Baker, afirmou que a empresa já informou a Airbus e a Boeing sobre a nova estratégia e que também não aceitará nenhuma nova entre em 2020 e possivelmente em 2021.

LEIA TAMBÉM

As entregas de novas aeronaves programadas poderão agora ser adiadas por oito a dez anos. Mas, a empresa deverá analisar ao longo dos meses o desempenho do mercado, verificando a viabilidade de renovar ou expandir a frota.

Além disso, a empresa árabe deverá também está reavaliando seu quadro de tripulantes, assim como cortando diversos salários na ordem 15 até 25%.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 17 de Junho de 2020 às 14:30


Notícias notícia de aviação aeronave avião Qatar Airways Airbus Boeing frota pandemia covid-19