Ei! Quero colocar minha mala aqui

Problema no bagageiro deixa 14 aviões da American Airlines no chão

Falha na montagem das tampas dos bins obrigou empresa cancelar mais de 40 voos


Um problema nos bagageiros superiores obrigou a American Airlines a retirar de serviço 14 Boeing 737-800 da frota. Os aviões foram receberam um novo interior recentemente, mas uma falha na montagem das portas dos bagageiros tornou impossível fechar alguns, o que levou a empresa cancelar mais de 40 voos, nos Estados Unidos.

O chamado Project Oasis prevê a remodelação de grande parte do interior dos 737-800, além de instalar novos bagageiros e tomadas elétricas individuais em cada assento. A configuração interna também mudou, passando por mudanças nos bancos, que permitiram aumentar o número de assentos na classe econômica.

Novo interior dos 737 da American Airlines possuem linhas e soluções similares as do Boeing 787 Dreamliner

Embora apenas dois aviões remodelados, de uma frota com quase 350 aeronaves do mesmo modelo, tenham apresentado problema, a American Airlines optou por paralisar outros doze, que receberam kits do mesmo lote, para assegurar que as tampas poderiam ser fechadas

Os bagageiros internos estão sendo cada vez mais utilizados por passageiros, especialmente após a cobrança no despacho de bagagem por grande parte das empresas do mundo. As regras de segurança exigem que todas as tampas estejam corretamente fechadas enquanto a aeronave estiver com os motores ligados.

Até o momento, o trabalho de remodelação das cabines envolveu aproximadamente 70 Boeing 737-800 da American Airlines.

Por Ernesto Klotzel | Fotos: Divulgação

Publicado em 8 de Março de 2019 às 19:53


Notícias American Boeing 737 787