De milhões de passageiros a bilhões de prejuízo

Principal aeroporto britânico acumula perdas bilionárias na pandemia

Aeroporto de Heathrow já foi o mais movimentado da Europa


Aeroporto de Heathrow

Heathrow deixou de ser referência para ser exemplo de deficiência

O que já foi o aeroporto mais movimentado da Europa vem acumulando perdas há meses. Heathrow (LHR), em Londres, teve prejuízo de £2,9 bilhões (R$ 20,7 bilhões) entre março de 2020, início da pandemia, e junho deste ano.

Segundo a empresa que administra o terminal, menos de quatro milhões de passageiros passaram por ali no primeiro semestre de 2021, o equivalente a cerca de 20 dias de movimento pré-crise. Apesar de considerar que a demanda está novamente em alta, a expectativa é de que o movimento este ano seja menor que do ano anterior, resultado das restrições impostas por vários países, inclusive pelo Reino Unido, e das incertezas causadas por novas variantes do coronavírus.

"O Reino Unido está emergindo dos piores efeitos da pandemia, mas está ficando para trás de seus rivais da União Europeia no comércio internacional, pela lentidão para remover restrições. A substituição dos testes de PCR por testes de fluxo lateral e a abertura para viajantes vacinados da UE e dos EUA no final de julho começará a tirar a recuperação econômica da Grã-Bretanha do chão”, disse o CEO de Heathrow, John Holland Kaye.

Em outubro de 2020, o aeroporto perdeu a liderança no continente para o Charles de Gaulle (CDG), em Paris. Três meses depois, o internacional de Istambul (IST), na Turquia, passou a ocupar o topo do ranking.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Marcel Cardoso

Publicado em 26 de Julho de 2021 às 13:30


Notícias noticias noticias de aviação Aeroporto Heathrow LHR Londres Reino Unido Pandemia