Problemas estruturais

Primeiro voo do maior bimotor do mundo ocorrerá apenas em 2020

Boeing confirma novo cronograma de desenvolvimento do 777X


Problemas com desenvolvimento do motor e falha estrutural em teste estático adiam primeiro voo do 777X para 2020

A Boeing confirmou o reagendamento do cronograma do 777X, que deverá voar pela primeira vez apenas no próximo ano e a certificação e primeira entrega devem ocorrer apenas em 2021.

O anuncio ocorreu durante a apresentação do relatório trimestral para investidores. O fabricante reafirmou seu compromisso com o 777-8, que anteriormente havia sido congelado, afirmando que manterá o cronograma para 2022, mesmo contando com apenas 53 pedidos firmes.

LEIA TAMBÉM

O programa 777X sofreu diversos atrasos por conta de um problema com os motores GE9X, que apresentaram instabilidade e alguns problemas técnicos durante a campanha de ensaios no avião. Além disso, uma falha estrutural atrelada a pressurização levou a Boeing adiar o primeiro voo, buscando garantir que o problema não está ligado diretamente ao projeto do avião.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan | Imagem: Divulgação

Publicado em 24 de Outubro de 2019 às 16:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 777 777X GE GE9X primeiro voo bimotor Seattle Estados Unidos