NBAA-BACE 2019

Avião executivo da Boeing é capaz de voar do Brasil para praticamente qualquer destino do mundo

Durante evento em Las Vegas um cliente VIP confirmou a compra de dois BBJ 787-9 avaliados em US$ 564 milhões


Versão VIP derivada do 787-9 pode voar para praticamente qualquer lugar do mundo sem escalas

A Boeing oficializou durante a NBAA-BACE 2019 a venda de dois 787-9 Dreamliner na versão BBJ. O avião em sua configuração VIP possui uma área total de 257,8 m² e capacidade para voar por 17.500 km sem escalas, o suficiente para voar entre São Paulo e a Austrália.

Segundo o comunicado da Boeing, um cliente está por trás do pedido dos dois aviões realizado em agosto e com tem um valor de tabela de US$ 564 milhões.

LEIA TAMBÉM

O BBJ 787-9, uma versão VIP do 787-9 Dreamliner atende especialmente Chefes de Estado ou bilionários que buscam o alcance global do jato. Com capacidade para voar por 9.485 nm (17.500 km) o avião permite sair de São Paulo ou Rio de Janeiro e voar para praticamente qualquer destino no mundo sem escalas. A exceção é Japão, Coreias e parte da China. Todavia, decolando de Recife o único local que não é possível chegar, em um voo direto, é a Papua-Nova Guiné.

Por sua posição geográfica quase central no mapa-mundi, partindo de Dubai é possível voar para qualquer cidade do mundo. O único local inacessível se torna uma porção de água no Pacífico Sul.

“O BBJ 787-9 oferece aos nossos clientes mais exigentes a capacidade de viajar com o máximo conforto e voar diretamente para praticamente qualquer cidade do mundo”, disse Ihssane Mounir, vice-presidente sênior de vendas e marketing comercial da Boeing.

A cabine com mais de 250m² permite uma infinidade de configurações, incluindo suíte presidencial com banheira de hidromassagem, cinema, sala de reunião para mais de 20 pessoas, sala de estar, gabinete de autoridade, escritório de crise, entre outros.

Atualmente o BBJ 787 possui um total de 16 pedidos, em suas diversas variantes.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Edmundo Ubiratan, de Las Vegas | Imagem: Divulgação

Publicado em 23 de Outubro de 2019 às 15:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Boeing 787 BBJ jatinho NBAA aviação de negócios GRU GIG Recife Japão China Papua-Nova Guiné