Bird Strike

Oficial militar disse que F-5 acidentado da Tailândia teria colidido com um pássaro

Caça tailandês estava realizando um treinamento de rotina


Tailândia ainda conta com caças JAS 39 Gripen C/D, F-16 Fighting Falcon e a Alpha Jet | Foto: Departamento de Defesa dos Estados Unidos

O caça F-5 Tiger II da Tailândia, que caiu na última sexta-feira (3), teria colidido com um grande pássaro, informou o Major General Praphas Sonjaidee, porta-voz da Real Força Aérea da Tailândia (Rtaf), para o site Thai PBS World.

De acordo com o major, o piloto teria escrito à sua esposa que colidiu com algo duro e que o para-brisa teria quebrado. O aviador tailandês conseguiu ejetar, no entanto, ficou gravemente ferido e foi levado ao hospital.

Entretanto, o porta-voz da Rtaf avisou que as investigações feitas pelas autoridades competentes vão continuar.

A frota dos F-5 tailandeses está passando por modernização pela empresa israelense Elbit Systems. Algumas mudanças são um radar, uma nova aviônica, mísseis ar-ar IRIS-T, e um tecnológico visor montado no capacete dos pilotos.

Com a modernização os caças passarão a ser denominados de F-5ST (Super Tigris), e ganharão capacidades de 4º geração.

 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por André Magalhães

Publicado em 7 de Dezembro de 2021 às 15:50


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação f5 tailândia acidente militar caça