Acidente com F-5 moderizado

Caça F-5 Tiger da Tailândia cai durante voo de treinamento

Piloto conseguiu ejetar, mas sofreu ferimentos graves e foi levado ao hospital


Os F-5 da Tailândia estão passando por um processo de modernização para o padrão F-5ST | Foto: Departamento de Defesa dos Estados Unidos

Um caça F-5F Tiger II da Real Força Aérea da Tailândia (Rtaf) caiu nesta sexta-feira, às 11h, horário local. O acidente aconteceu em um campo de treinamento no distrito de Chai Badan, na província de Lop Buri.

De acordo com o Major General Praphas Sonjaidee, porta-voz da RTAF, o piloto conseguiu ejetar, mas sofreu graves ferimentos e foi levado ao hospital.

Uma investigação para apurar as causas do acidente já foram iniciadas pelas autoridades competentes.

O caça é pertencente ao Esquadrão 211, da Asa 21, tem aproximadamente 40 anos de uso e foi o primeiro a ser modernizado.

A frota dos F-5 tailandeses está passando por modernização pela empresa israelense Elbit Systems. Algumas mudanças são um radar, uma nova aviônica, mísseis ar-ar IRIS-T, e um tecnológico visor montado no capacete dos pilotos.

Com a modernização os caças passarão a ser denominados de F-5ST (Super Tigris), e ganharão capacidades de 4º geração.

 Além dos F-5 Tiger, a Tailândia ainda conta com caças JAS 39 Gripen C/D, F-16  Fighting Falcon e a Alpha Jet.

 

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais clicando aqui

Por André Magalhães

Publicado em 3 de Dezembro de 2021 às 16:40


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação f5 tailândia acidente militar caça