Protótipo no ar

Novo avião comercial da Embraer decola pela primeira vez

Embraer E-Jet E2 inicia campanha de ensaios em voo e deve entrar em serviço em 2018


O primeiro Embraer E190-E2 realizou nessa tarde seu primeiro voo, iniciando assim a complexa campanha de ensaios programada para os próximos meses. O fabricante brasileiro prevê entrada em serviço do modelo para 2018.

O programa E2 foi lançado em junho de 2013 como uma versão modernizada dos atuais E-Jets, contanto com novos motores Pratt & Whitney Pure Power de alto desempenho que, em conjunto com novas asas, controles de voo totalmente fly-by-wire e avanços em outros sistemas, prometem melhoras significativas no consumo de combustível, custos de manutenção, emissões de poluentes e ruído externo. O programa conta com investimento de US$ 1,7 bilhão, um dos mais elevados já realizados pela Embraer.

Desde o lançamento, a família E2 alcançou mais de 640 pedidos. A atual geração de E-Jets é líder global no segmento até 130 assentos, com mais de 50% de participação de mercado.

A Embraer terá durante a campanha de certificação quatro E190-E2, enquanto outros dois aviões estarão envolvidos na campanha do E195-E2 e três na do modelo E175-E2, cujas entradas em serviço estão programadas, respectivamente, para 2019 e 2020.

O E190-E2 terá o mesmo número de assentos do atual E190, podendo ser configurado com 97 lugares em duas classes de serviço, ou 106 em classe única. Além disso, haverá aumento significativo de 800 km no alcance com capacidade cobrir distâncias de mais de 5.000 km.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 23 de Maio de 2016 às 14:00


Notícias Embraer Pratt & Whitney E190-E2 E195-E2 E-Jet Pure Power