Luta contra o vírus

2 milhões de doses da vacina AstraZeneca são enviada para a Fiocruz

Latam Cargo transportou o imunizante no porão de um dos 767-300 da companhia


 Boeing 767-300 da Latam Brasil

Latam Cargo utilizou um 767-300 para apoiar o transporte de 2 milhões de doses de vacina AstraZeneca 

Nesta terça-feira (23) a Latam Cargo realizou o transporte de dois milhões de doses prontas da vacina covid-19 (recombinante) para a Fundação Oswaldo Cruz. A empresa apoiou de forma gratuita a distribuição do imunizante, ampliando o alcance da vacinação enquanto reduz o tempo logístico.

O voo operado por um Boeing 767-300, matrícula PT-MSY, decolou de Guarulhos com destino ao aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

As vacinas da AstraZeneca foram encaminhadas para o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), onde passarão por uma triagem para conferência de temperatura e integridade da carga e devida identificação em português. O órgão ainda deverá realizar o procedimento de análise de amostras e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz).

Desde 18 de janeiro, a Latam já transportou mais de 4,5 milhões de doses de vacina apenas no Brasil, apoiando o combate a covid-19 gratuitamente. As operações tem sido realizadas por aviões puramente cargueiros e também por aeronaves de transporte de passageiros durante voos domésticos com aproveitamento do porão de cargas.

Boeing 767-300 da Latam Brasil

Por Gabriel Benevides

Publicado em 23 de Fevereiro de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Boeing 767 767-300 Latam AstraZeneca vacina covid-19