Labace 2019

Labace se despede de Congonhas

Tradicional evento de aviação de negócios recebe confirmação da Infraero que área não estará mais disponível


Acontece na Labace 2019 by 

Labace ocorreu em Congonhas por 15 edições seguidas, tendo reunido dezenas de aeronaves a cada edição

Segundo Infraero, área que abriga a feira desde 2003 estará indisponível em 2020; Abag deve transferir o evento para o Campo de Marte ou outro aeroporto 

A maior feira de aviação de negócios da América Latina se despede do aeroporto que a abrigou nos últimos 16 anos. Durante o evento deste ano, a Infraero informou à Associação Brasileira de Aviação Geral, a Abag, que a atual área de realização da feira, dentro do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, vai estar indisponível em 2020.

LEIA TAMBÉM

O conselho da Abag, que organiza a Labace, reuniu-se para discutir a situação e trabalha com dois cenários: transferir o evento para o Campo de Marte, também na capital paulista, ou realizá-lo em outro aeroporto, podendo adotar um modelo itinerante – promovendo a feira no Galeão e em Confins, por exemplo, em anos alternados. 

Junia Hermont, superintendente da Líder Aviação, que integra o conselho, advoga experimentar outro local que não seja o Campo de Marte, mas acredita ser voto vencido. Segundo ela, seria muito importante que os proprietários pudessem chegar diretamente ao aeroporto da feira com suas aeronaves. O contraponto se dá pelo tamanho da frota e pela presença da indústria e seus profissionais em São Paulo. 

Debates à parte, a indústria concorda que há a necessidade de um planejamento de longo prazo não só com a definição antecipada de data e local como, também, da planta do evento – nos últimos três anos, foram três configurações diferentes, dificultando a compra determinada de espaço e obrigando os expositores a desenvolver novos projetos a cada ano.

O conselho da Abag vai se reunir em breve para votar o tema. Embora o destino ainda não esteja plotado, o que os organizadores dão como certo hoje é que a Labace decola de Congonhas, que a acolhe desde 2003.

A Abag, em nota, afirma que não foi formalmente não foi comunicada pela Infraero sobre mudanças para 2020 na possibilidade de utilização do espaço atual.

Leia abaixo o comunidado na íntegra da Associação Brasileira de Aviação Geral:

A Abag (Associação Brasileira de Aviação Geral) informa que não foi comunicada oficialmente pela Infraero de nenhuma alteração para 2020 sobre a possibilidade de utilização do espaço em Congonhas para a realização da Labace. De toda forma, a entidade vem analisando outras alternativas, mas nenhuma decisão neste sentido foi tomada.

A AERO Magazine questionou formalmente se a Abag havia sido informada extra-oficialmente da situação da Labace em Congonhas.

"A área em que foi realizada a Labace 2019 está concessionada ao empreendimento Megahouses pela Infraero desde Novembro de 2017", respondeu a entendidade, através de e-mail. 

Entretanto, a Abag confirmou que haverá um encontro para definir o futuro do evento. "Vamos revelar até 1 de outubro", confirmou.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Texto atualizado em 16 de agosto, às 15h43.

Christian Burgos | Imagem: Divulgação

Publicado em 15 de Agosto de 2019 às 12:00


Notícias Labace Abag aviação de negócios Congonhas Confins Galeão