Baixa demanda

Korean Air groundeia toda a sua frota de A380 até abril por conta do coronavírus

Com 10 A380 em sua frota, todas as unidades serão groundeadas até 25 de abril em meio à queda da demanda de passageiros causada pelo surto de coronavírus


Por ter se tornado um importante centro para o surto que se originou na China, a Coréia do Sul, segundo apurou o portal de notícias local Yonhap, o país possui mais de 7.755 casos registrados de pessoas infectadas desde 20 de janeiro, com um novo surto ocorrendo em Seul. 

A decisão de groundear toda a frota do A380 segue a decisão de outras companhias que estão seguindo o mesmo caminho por conta da baixa demanda de passageiros. Recentemente, a Qantas planejou parar parte da sua frota de A380 por até seis meses por conta das incertezas que o surto trouxe para o planejamento da companhia. A Lufthansa também está considerando a possibilidade de manter em solo todos os seus 14 A380.

LEIA TAMBÉM

Atualmente a Korean Air opera o A380 desde o Aeroporto Internacional de Incheon (a oeste de Seul) para as cidades de Nova York, Los Angeles, Londres, Paris e Bangcoc. 

A Asiana Airlines, concorrente direta da Korean Air, ainda não anunciou nenhuma medida a respeito da sua frota de seis A380. 

Outra companhia que opera o A380 na região asiática, a Singapore Airlines, disse que toda a sua frota de 18 unidades do  A380,se encontra em operação.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 11 de Março de 2020 às 22:00


Notícias Notícia de aviação aeronave avião Airbus Airbus A380 Korean Air Seul coronavírus China Coréia do Sul Covid-19