Custou caro

França suspende todos os voos com destino ao Brasil

Agravamento da pandemia motivou a decisão anunciada pelo governo francês


Airbus A350 da Air France em voo

Atualmente a Air France tinha onze frequências semanais para o Brasil

O agravamento dos casos graves de covid-19 no Brasil, que atingiu recordes constantes de mortes, se tornou um novo problema para a aviação comercial. O Primeiro-Ministro francês, Jean Castex, anunciou a suspensão de todos os voos da França para o Brasil, devido à alta de infecções no país.

A medida será válida por tempo indeterminado, e foi aprovada no parlamento francês, com apoio em massa de políticos de oposição que ajudaram a pressionar o Governo para proibir voos entre os dois países.

As novas variantes do coronavírus, associadas a maiores taxas de contágio e letalidade, se tornaram uma preocupação global e tem atualmente o Brasil como novo foco da doença. Antes da medida já havia restrições nas viagens, como a obrigatoriedade da apresentação de teste negativo para covid-19 ao chegar no aeroporto internacional Charles de Gaulle (CDG), em Paris.

A Air France é a única companhia aérea francesa com ligação direta para o Brasil, com onze frequências semanais, a partir de Paris (CDG), sendo sete delas para São Paulo (GRU) e quatro para o Rio de Janeiro (GIG).

A retomada das frequências não tem data e nem um protocolo definido, apenas mantendo o Brasil isolado de mais um destino europeu, em um momento de séria dificuldade econômica e de saúde pública.

Por Marcel Cardoso

Publicado em 14 de Abril de 2021 às 15:40


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Airbus A350 Air France pandemia covid-19