Força aérea brasileira realizou treinamento de Busca e Salvamento

Exercício segue normas internacionais e prevê colaboração simulada em diversos cenários de resgate em alto mar


Navio de Patrulha Amazona e Super Puma

Airbus H225M da FAB e navio de patrulha da Marinha do Brasil foram utilizados durante treinamento em alto mar

A Força Aérea Brasileira realizou entre os dias 10 a 25 de maio, o Exercício Técnico SAR (Busca e Salvamento), na Ala 12, no Rio de Janeiro. As missões realizadas pelos esquadrões participantes consistiram em treinar e manter o preparo das unidades de busca e salvamento com padrões para encontrar alvos, destroços e até mesmo manequins simulando homem ao mar.

O exercício permitiu treinar a realização de técnicas e execução da ação de busca e salvamento, possibilitando identificar as potencialidades e as necessidades de aperfeiçoamento do processo de preparo das Unidades Aéreas subordinadas ao Comando de Preparo.

Todas as atividades operacionais foram planejadas com base nas recomendações dispostas no Manual Internacional Aeronáutico e Marítimo de Busca e Salvamento, o qual define que os países membros devem treinar e mensurar a eficiência de seus meios de socorro.

Participaram dos treinamentos os esquadrões Orungan (1º/7º GAv); Phoenix (2º/7º GAv); Netuno (3º/7º GAv); Puma (3º/8º GAv); Gordo (1º/1º GT); Pelicano (2º/10º GAv) e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR).

Além disso, a Marinha do Brasil ainda apoiou o exercício com o Navio de Patrulha Amazona, onde foram realizados treinamentos de içamento de tripulantes pelo 3º/8° GAv.

Segundo a FAB, todas as atividades proporcionaram o intercambio entre os tripulantes, incluindo a aprendizagens sobre algumas peculiaridades de cada unidade e meio aéreo utilizado, bem como a familiarização com as atribuições de cada um.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 1 de Junho de 2021 às 15:00


Notícias notícias de aviação aeronave avião Airbus H225M FAB força aérea Marinha do Brasil