Custos menores e grande capacidade

Empresa aérea de Taiwan encomenda 777F e planeja substituir seus 747F

China Airlines faz pedido para seis 777F que possuem capacidade para até 102 toneladas de carga


Empresa chinesa substituirá gradualmente seus Boeing 747-400F pelos 777F

A China Airlines encomendou seis Boeing 777F, avaliados em US$ 2,1 bilhões, em preços de tabela. O objetivo da companhia é modernizar sua frota de cargueiros, passando a investir em novos modelos bimotores de longo curso e grande capacidade.

A empresa deverá utilizar seus novos 777F nas suas recém estabelecidas operações na América do Norte, considerado um dos maiores mercados globais de carga aérea.

LEIA TAMBÉM

A empresa com sede em Taiwan é uma das maiores operadoras do 747 cargueiro no mundo, com 18 aeronaves do tipo na frota, mas planeja ampliar o uso do 777F, que embora ofereçam menor capacidade de transporte, possuem custos operacionais que podem ser até 25% inferiores a Jumbo.

Boeing 777F oferece capacidade para 102 toneladas de carga e custo até 25% inferior ao do 747-400F

A versão cargueira do 777 pode voar em missões de alcance de além de 6.000 nm (11.110 km), com uma carga útil de até 102 toneladas. O modelo ainda permitirá à China Airlines realizar voos sem escala, reduzindo assim as taxas aeroportuárias associadas em diversas rotas operadas pela companhia.

Além disso, o 777 Freighter possui grande capacidade para um cargueiro bimotor, acomodando 27 paletes padrão (2,5 m x 3 m) no piso principal, o que também pode proporcionar menores custos de manuseio de carga.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

Por Santiago Oliver | Fotos: Divulgação

Publicado em 6 de Setembro de 2019 às 13:00


Notícias China China Airlines Boeing 777F 747-400 bimotor Taiwan encomenda produtos chineses Estados Unidos