AERO Magazine

Nova frota

Emirates formaliza pedido para A330neo e A350

Empresa árabe deverá padronizar a frota em aeronaves de menor capacidade

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação em 15 de Fevereiro de 2019 às 14:00

A Emirates Airline anunciou um pedido para 70 aeronaves da Airbus, ao mesmo tempo que anunciava que não ampliaria o contrato para o A380. O acordo prevê 40 A330-900 e 30 A350-900 em um acordo estimado em US$ 21,4 bilhões a preço de tabela.

O acordo selou uma nova fase na relação da Emirates com a Airbus e seu plano de frota. A companhia árabe receberá mais 14 A380 até o final de 2021, elevando seu total de pedidos do A380 para 123 unidades. A previsão é que os primeiros Airbus A330neo sejam entregues a partir de 2021 e os A350 em 2024.

Os A380 devem continuar como o principal avião da frota por mais 11 anos, quando deverá iniciar sua substituição pode modelos menores. “O A380 permanecerá como um pilar da nossa frota até a década de 2030”, afirmou Sua Alteza Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, Presidente e CEO da Emirates Airline. “Após muitos meses de discussões, chegamos a um acordo com a Airbus e a Rolls-Royce”.

Os A330neo serão implantados em rotas regionais da Emirates e também permitirão que a companhia aérea atenda a aeroportos menores e, com isso, abra novas rotas e conectividade para sua rede global. Enquanto isso, os A350 complementarão as operações de longa distância, em missões de 8 a 12 horas a partir de seu hub em Dubai.


Notícias Airbus A330neo A350XWB A380


Boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas