Parceiro estratégico

Embraer, Thyssenkrupp e Atech assinam contrato para construção dos Navios Classe Tamandaré da Marinha do Brasil

Atech usará sua solução em tecnologia para implementar sistemas e transferência de tecnologia naval


A aliança naval entre a Embraer Defesa & Segurança, Thyssenkrupp Marine Systems permitirá a criação de bases para exportação de produtos de defesa naval a partir do Brasil na construção de quatro navios Classe Tamandaré de última geração.

Nesta quinta-feira (5/3), no Rio de Janeiro, a EMGEPRON, empresa estatal independente vinculada ao Ministério da Defesa por intermédio do Comando da Marinha do Brasil, e a Águas Azuis, empresa formada pela Thyssenkrupp Marine Systems, Embraer Defesa & Segurança e a Atech, assinaram um contrato para a construção dos quatro navios Classe Tamandaré de última geração, tendo a sua entrega prevista para 2025 e 2028. 

A construção destes navios será realizada totalmente no Brasil, em Itajaí-SC. A Thyssenkrupp irá fornecer a tecnologia naval por meio de sua comprovada plataforma de construção de navios de defesa da Classe MEKO®, que opera atualmente em 15 países. A Eembraer irá integrar os sensores e armamentos ao sistema de combate, trazendo para este programa, seus 50 anos de experiência em soluções de tecnologia de sistemas de suporte em serviço.

LEIA TAMBÉM

A Atech, empresa do Grupo Embraer especializada em engenharia de sistemas para aplicações de defesa, ficará responsável por fornecer o CMS (Combat Management System) e o IPMS (Integrated Plataform Management System), da L3 MAPPS, ficando também encarregada de receber a transferência de tecnologia em cooperação com a ATLAS ELEKTRONIK.

“Somos gratos em participar novamente de um marco tão importante na história da defesa naval do Brasil com os navios mais avançados em sua classe. Relembrando grandes conquistas que tivemos no passado, o que inclui a construção dos submarions da Classe Tupi na década de 1980, significando para nós o reconhecimento da excelência tecnológica, confiabilidade e longevidade das soluções que oferecemos há quase dois séculos, trazendo também a geração de empregos qualificados e a transferência de tecnologia para o Brasil” afirma Dr. Rolf Wirtz, CEO da Thyssenkrupp Marine Systems. 

“Essa parceria confirma os esforços para a expansão do nosso portfólio de defesa e segurança além do segmento aeronáutico. Nos últimos anos, adquirimos experiência no desenvolvimento e na integração de sistemas complexos, entre outros, a fim de tornar a Embraer qualificada para atender às necessidades da Marinha do Brasil, além de aprimorar a nossa posição como parceiro estratégico do Estado Brasileiro”, diz o CEO da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Shneider

Além da construção, o contrato inclui uma robusta transferência de tecnologia em engenharia naval para a fabricação de navios militares e sistemas para o gerenciamento de combate e de plataforma, e a qualificação de mão de obra local, o que garante o desenvolvimento de futuros projetos estratégicos para a defesa do Brasil. 

Por Gabriel Benevides

Publicado em 6 de Março de 2020 às 19:30


Notícias Notícias embraer Marinha do Brasil Águas Azuis Thyssenkrupp Embraer Defesa & Segurança Atech Navios tecnologia