Força tarefa

Embraer cria procedimento para o transporte da vacina de covid-19

Documento especifica cuidados no armazenamento do imunizante e destaca atenção para uso de gelo seco


Documento prevê o correto armazenamento das vacinas e cuidados especiais para transporte de gelo seco a bordo

A Embraer elaborou disposições técnicas para auxiliar os seus clientes a definir corretamente as características e os requisitos de carga para o transporte de vacinas contra a covid-19 utilizando a família de aviões E-Jet, ERJ e Brasília.

Devido à pandemia, existe a expectativa dos aviões comerciais da Embraer serem acionados para o transporte do imunizante. Assim como a maior parte das vacinas, é necessário ter um cuidado especial em seu armazenamento e transporte.

“Esta disposição técnica nos permite orientar os nossos clientes, apoiando cada companhia aérea que esteja utilizando os produtos da Embraer para transportar as vacinas, que irá beneficiar o mundo inteiro na luta contra o vírus”, disse Francisco Gomes Neto, Presidente e CEO da Embraer.

O documento orienta os operadores dos EMB120 Brasília, das famílias ERJ 145, E-Jets e E-Jets E2, em como manusear a carga, com atenção as questões de temperatura e acondicionamento a bordo.

O principal objetivo é repassar as orientações adequadas para as companhias aéreas em relação ao transporte à medida que o mundo prepara receber centenas de milhões de doses do remédio.

Segundo dados do fabricante brasileiro, há mais de 100 clientes que operam uma frota de quase 2.500 aeronaves comerciais em mais de 80 países. A possibilidade que grande parte desta frota seja utilizada para iniciar o transporte das vacinas de covid-19, exigindo assim especial atenção a protocolos diversos.

As vacinas contra covid-19, exigem temperaturas muito baixas, de até -70º, que só podem ser mantidas com a adição de gelo seco. Um avião da Embraer pode transportar mais de cem mil vacinas, dependendo da configuração interna e dos recipientes utilizados. As orientações incluem a forma de carregamento e descarga de cada aeronave. Além de cuidados para o armazenamento de gelo seco a bordo, considerado fundamental para a segurança dos aviões.

Por Gabriel Benevides

Publicado em 24 de Dezembro de 2020 às 16:30


Notícias notícias de aviação aeronave avião aviação Embraer E-Jet E-Jet E2 E195-E2 Brasília EMB120 ERJ ERJ-145 covid-19 vacina gelo seco