Crise em todo o grupo

Em crise Avianca aposenta Embraer 190 e vende empresas aéreas regionais

Processo de reorganização prevê manter unidades de alta rentabilidade como transporte internacional e cargas


Endividada Avianca Holdings inicia venda de ativos 

Dentro de um processo de reorganização a Avianca Holdings está simplificando suas operações e vendendo diversos ativos, incluindo a aposentadoria da frota de Embraer 190 em uso pela divisão de El Salvador.

Encomendados originalmente pela TACA, a empresa utilizava os regionais brasileiros em rotas domésticas na América Central e Caribe. O último voo com o Embraer 190 ocorreu no dia 1 de julho, quando operou o voo TAI316, partindo da Cidade do panamá para San Salvador. A companhia também se desfez de seus 13 Cessna 208 Caravan e dois ATR 42, dentro do plano de simplificação da frota.

LEIA TAMBÉM

Avianca se desfaz de Sansa e La Costeña

A Avianca anunciou ainda a venda das controladas Servicios Aéreos Nacionales SA (SANSA) e Aerotaxis La Costeña SA (La Costeña), que operam voos domésticos na Costa Rica e na Nicarágua, respectivamente.

As mudanças em curso se alinham a nova estratégia da companhia colombiana, que pretende fortalecer sua presença no transporte internacional de passageiros, além de focar nas unidades de negócios LifeMiles e no transporte de cargas através da Avianca Cargo.

ASSINE AERO MAGAZINE COM DESCONTO

Por Santiago Oliver | Imagens: Divulgação

Publicado em 4 de Julho de 2019 às 16:00


Notícias Avianca Embraer E-Jet LifeMiles Avianca Cargo