Efeito coronavírus

Delta Air Lines poderá suspender voos com o Airbus A220

Empresa espera readequar temporariamente sua oferta de voos diante da atual demanda


Frota de A220 da Delta deverá ser armazenada até retomada da demanda regional nos Estados Unidos

A Delta Air Lines poderá suspender a operação com toda sua frota de Airbus A220, iniciando o translado das aeronaves para armazenamento em San Bernardino, na Califórnia. A expectativa é manter os aviões estocados até a normalização das operações comerciais no mundo.

A programação de voos de setembro já apontava uma redução dos voos com o A220, que passaram de 95 por semana, em agosto, para 57 no mês passado. A redução de 40% nas operações com o jato regional ocorreu em um momento que a empresa expandiu em 7% sua oferta.

Oficialmente a Delta não comenta os motivos da suspenção dos voos com o A220, mas analistas acreditam que seja em virtude do processo de ajustamento da oferta e demanda, aliado a demissão de 1.941 pilotos anunciado no final de agosto.

As dispensas devem incluir o corte de 50 copilotos da frota de A220, forçando a retirada de serviço da frota até uma normalização. De acordo com uma carta dos pilotos, assinada pelo comandante Ryan Schnitzler, a atitude da Delta deverá comprometer a capacidade de retomada dos voos no futuro. “Em outubro a Delta terá menos de 50 primeiros oficiais na frota A220, forçando a empresa a estacionar desnecessariamente mais da metade da frota”, afirma trecho da nota.

A gigante norte-americana afirmou em comunicado que existem quase 2.000 pilotos a mais no quadro de funcionários do que realmente é necessário neste momento. “existem 11.200 pilotos na folha de pagamento da Delta após as demissões voluntárias. São necessários apenas 9.500 pilotos”, disse em comunicado John Laughter, chefe de operações de voo da Delta.

A Delta encomendou um total de 95 Airbus A220, incluindo 45da versão  A220-100 e 50 do A220-300, este último estava previsto para entrar em serviço no próximo dia 10 de novembro.

  • Receba as notícias de AERO diretamente no Telegram clicando aqui

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 1 de Outubro de 2020 às 15:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Airbus A220 Delta Air Lines piloto covid-19