Guerra ao vírus

Dassault disponibiliza aeronaves no combate ao Covid-19

Aviões estão apoiando a Operação Resiliência, do governo francês


Equipes médicadas foram transportada por frota de jatos próprios da Dassault

A Dassault Falcon colocou dois jatos de negócios à disposição do Ministério da Defesa da França, que se uniram a Operação Resiliência, destinada a fornecer logística e apoio médico para as atividades de controle do coronavírus.

Foram empregados um Falcon 8X e um Falcon 900, que estão configurados para 15 e 13 passageiros, respectivamente. As aeronaves são operadas pela Dassault Falcon Service (DFS), especializada em manutenção e operações de voo, sediada no aeroporto de Le Bourget. A DFS também provisiona as tripulações de voo.

LEIA TAMBÉM

A missão apoiada transportou 26 médicos, entre Brest, na Bretanha, para Paris. A equipe havia acompanhado pacientes infectados pelo coronavírus até Brest em um trem médico especial.

Dependendo das exigências definidas pelas autoridades francesas, as podem ser disponibilizadas para a unidade de Resiliência do Comando de Defesa Aérea e Operações Aéreas (CDAOA) da força aérea. Capaz de pousar em pequenos aeroportos, em todas as condições climáticas e sem a necessidade de infraestrutura em solo, as aeronaves permitem que equipes e equipamentos médicos sejam despachados rapidamente, em toda a França e em todo o mundo.

Por Edmundo Ubiratan

Publicado em 13 de Abril de 2020 às 13:00


Notícias notícia de aviação aeronave avião Falcon Dassault Falcon 8X Falcon 900 covid-19 coronavirus França Força Aérea Francesa