Cartas

Escreva para cartas@aeromagazine.com.br / Curta nossa página no FACEBOOK: facebook.com/aeromagazine


Um clássico

Esta revista (AERO 232) está muito boa! E que belo Centurion o da reportagem sobre aeronaves remanufaturadas, modelo Evolution.
Raphael Benencase
Via Facebook

Cuidados pré-voo

AERO Magazine, estão excelentes as matéria do “Cockpt Talk” sobre pre-flight e do “Nível 350” sobre expatriados (AERO 232). Falta, agora, uma de oportunidades no exterior para pilotos “low hours”.
Enderson Rafael
Via Twitter

12 anos do 11 de Setembro

Infelizmente, estava no salão cortando meu cabelo. Tinha 14 anos. Já se foram 12 anos e as cenas não saem da minha mente. Muitas empresas aéreas quebraram ou entraram em colapso. Nossa aviação continua até hoje com as “pernas bambas” desde esses acontecimentos. Muitas pessoas leigas não viajam por medo. Mas temos de continuar melhorando a segurança e dar o melhor para os nossos passageiros.
Claudinei Fernando
Via Facebook

Cadê o R22 e o Esquilo? 

Olá, tudo bem, equipe de AERO? Sou leitor desta excelente revista desde 2001. Gostaria de tirar uma dúvida: por que os helicópteros R22 e Esquilo não tiveram ensaios em voo até hoje? Desde que comecei a ler a revista não vi nada sobre eles. Fica aqui, então, uma sugestão de ensaio em voo!
Eli Rufino
Via Facebook

Caro Eli, agrademos pela deferência. AERO Magazine tem quase 20 anos de existência e já ensaiamos muitas aeronaves nesse período. Os helicópteros citados apareceram nas páginas da revista algumas vezes antes de 2001. Mas anotamos sua sugestão e, certamente, voltaremos a falar desses verdadeiros campeões de venda no país. Por ora, sugerimos que leia nesta edição as matérias sobre o Eurocopter EC130 T2, o novo Esquilo, e também sobre recuperação de aeronaves acidentadas, que cita o Robinson R22.

Da redação

Publicado em 7 de Outubro de 2013 às 00:00


Cartas Centurion 11 de Setembro helicópteros R22 Esquilo

Artigo publicado nesta revista

O boom dos aeroportos executivos

AERO Magazine 233 · Outubro/2013 · O boom dos aeroportos executivos

Grandes empreendimentos e privatizações prometem revolucionar infraestrutura para aviões e helicópteros corporativos