Encontro de multimissão

Cargueiro militar e helicóptero voam juntos em campanha de testes

Airbus A400M realiza os primeiros contatos aéreos a seco com o H225M


A400M realizou primeiro contato de reabastecimento com os helicópteros H225M

A Airbus realizou o primeiro contato aéreo de reabastecimento entre um A400M e um helicóptero multimissão H225M. O voo de testes ocorreu em quatro voos operados em condições diurnas no sul da França, onde o A400M realizou 51 contatos secos, onde não é realizada a transferência de combustível, completando sua capacitação como avião-tanque.

Os testes foram realizados entre 1.000 pés e 10.000 pés em velocidades de voo de até 105 nós, considerado bastante baixo para um avião do porte do A440M, comprovando suas características de voo em baixa velocidade e altitude. Os resultados foram considerados positivos e foram uma continuidade dos voos de proximidade anteriores realizados no início de 2019, onde o helicóptero se aproximava do avião, sem nenhum contato.

LEIA TAMBÉM

De acordo com a Airbus, a próxima etapa do programa de testes de voo envolverá operações de contato com transferência de combustível, programadas para ocorrer até o final de 2019, já a certificação final da capacidade para reabastecer helicópteros deverá ocorrer em 2021.

Ensaio incluiu aproximação com o H160 que deverá ser a base do Guépard, futuro helicóptero militar multimissão das forças armadas francesas

A campanha de testes de voo também incluiu os primeiros testes de proximidade entre o A400M e o recém lançado H160, que deverá ser a base do Guépard, o futuro helicóptero militar de múltiplas funções destinado as forças armadas francesas. O ensaio foi solicitado pela Agência Francesa de Compras de Defesa, no âmbito do estudo de viabilidade para o Guépard.

O A400M foi certificado para ser configurado como avião-tanque, não exigindo uma versão de dedicada. Todos os A400M podem realizar a transferência de combustível em voo, através de sondas instaladas nas pontas das asas, transportando até 50,8 toneladas (111.600 libras) de combustível nas asas e na caixa central da asa (wingbox). O modelo também é certificado para transportar dois tanques extras, instalados no compartimento de carga, cada um com uma capacidade de armazenagem de 5,7 toneladas (11.400 libras) de combustível. Esta segunda opção permite que o combustível transportado nos tanques extras possa ser de natureza diferente do combustível dos tanques principais utilizados também pelo A400M, permitindo assim atender às necessidades de diferentes tipos de aeronaves receptoras.

ASSINE AERO MAGAZINE COM ATÉ 76% DE DESCONTO

O A400M já realizou transferência de combustível para os caças Eurofighter, Rafale, Tornado e F/A-18 em diferentes velocidades e altitudes, podendo ainda reabastecer outras aeronaves de maior porte, incluindo outro A400M (buddy refuelling), ou modelos como o C295 e C-130.

Por Edmundo Ubiratan | Fotos: Divulgação

Publicado em 24 de Setembro de 2019 às 16:00


Notícias notícia aviação avião Airbus A400M H225M H160 Guépard combustível de aviação querosene gasolina de avião